Em conteudo-patrocinado

Como o investimento em diversas classes de ativos pode fortalecer seu portfólio

Há diversas alternativas de investimento comuns que podem ser utilizadas como base para um portfólio sólido e diversificado.

Hoje em dia, os investidores se preocupam em manter a segurança de seu patrimônio. Quase metade dos portfólios de investimento do México é destinada a investimentos líquidos, mas as estratégias que mantêm uma grande porcentagem em prazo muito curto podem limitar o rendimento dos investimentos no longo prazo. Muitos investidores fogem das estratégias com maior diversificação em decorrência de uma combinação de aversão ao risco e informações erradas.

Essa mentalidade em relação aos investimentos está começando a mudar. Vinte e sete por cento dos mexicanos manifestam estar considerando ativamente reduzir as aplicações de liquidez e dedicar-se a outras oportunidades de investimento, segundo uma recente pesquisa realizada pela BlackRock.

Os consultores podem ajudar os clientes a ampliar os horizontes de investimento ao construir um portfólio diversificado que incorpore uma variedade de classes de ativos, que podem ser acessados por meio de fundos negociados em bolsa (ETFs) ou fundos de investimento. Este é um guia rápido das alternativas de investimento mais comuns que podem ser utilizadas como base para um portfólio sólido e diversificado.

Instrumentos de renda variável

O mercado de renda variável é uma maneira que os investidores têm de comprar ações de uma empresa que são negociadas em uma bolsa de valores. Há dois motivos principais para investir em instrumentos de renda variável: ganhos de capital (quando os preços das ações sobem) e receitas (quando as empresas distribuem dividendos). Os instrumentos de renda variável também oferecem aos investidores a oportunidade de investir em uma variedade de setores, como os representados na Bolsa Mexicana de Valores (BMV) ou o índice S&P 500.

Renda fixa

O mercado de renda fixa permite que governos, empresas e outras instituições tomem dinheiro emprestado dos investidores mediante a emissão de títulos. Os títulos costumam ser considerados mais seguros que os instrumentos de renda variável porque, geralmente, devolvem completamente o capital dos investidores quando ocorre o vencimento, além de proporcionarem um fluxo constante de receitas com os pagamentos regulares de juros.

Alternativos

Os alternativos são oferecidos em diversos pacotes e podem ser uma poderosa ferramenta para ajudar os investidores a conseguirem uma maior diversificação, reduzirem a volatilidade e obterem valorização do capital. Os investimentos alternativos proporcionam acesso a ativos não tradicionais, como de infraestrutura, imóveis e capital privado, assim como estratégias de investimento com as quais se investe em ativos tradicionais por meio de métodos não tradicionais, como a venda a descoberto e a alavancagem financeira.

Instrumentos em espécie

O investimento em instrumentos de curto prazo, como os fundos do mercado monetário, pode oferecer maiores taxas de juros que um depósito bancário comum, além de proporcionar liquidez semelhante ao investimento em espécie com um risco relativamente baixo. Esses fundos investem em dívidas de curto prazo emitidas por governos e outros tomadores de empréstimos, como bancos ou empresas.

É preciso pensar de maneira diferente

Os consultores podem ajudar os clientes a pensarem de maneira diferente no momento de investir, oferecendo-lhes outras alternativas de investimento, e não só instrumentos de curto prazo ou liquidez. A construção de um portfólio diversificado ajuda a distribuir o risco de maneira efetiva e pode fazer com que o dinheiro dos investidores tenha melhor rendimento e, inclusive, ajudá-los a alcançar seus objetivos de investimento antecipadamente.

 

 

 

 

Contato