Em conteudo-patrocinado

Cinco razões para você ter ETFs em seu portfólio

Os fundos negociados em bolsa oferecem fácil acesso a uma grande variedade de ativos.

Os fundos negociados em bolsa, ou ETFs, são uma das maneiras mais fáceis dos investidores obterem exposição aos mercados financeiros, o que faz deles um produto de investimento cada vez mais popular. Os ETFs oferecem fácil acesso a uma grande variedade de ativos (desde instrumentos de renda variável até títulos e matérias-primas) que, geralmente, têm como objetivo replicar o rendimento de um índice, como o índice S&P 500.

Os ETFs podem ser comprados e vendidos instantaneamente em uma bolsa de valores, da mesma forma que são comercializadas as ações individuais, proporcionando, assim, a versatilidade de mover-se sem dificuldade entre diferentes classes de ativos ou setores. O mercado global de ETFs tem, hoje em dia, um valor aproximado de US$ 4,7 trilhões, um aumento em relação aos US$ 100 bilhões início do século. A BlackRock estima que os ativos de ETF globais podem alcançar os US$ 12 trilhões nos próximos cinco anos, em parte impulsionados pela maior sensibilidade quanto às comissões e à mudança de mentalidade entre os investidores que favorece a distribuição de ativos em detrimento da seleção de valores individuais.

Então, qual opção é a mais atrativa? A seguir, apresentamos cinco razões pelas quais os consultores recomendam os ETFs como parte central dos portfólios de investimento dos clientes.

Diversificação

A maioria dos ETFs investe em um amplo portfólio de valores, o que, normalmente, proporciona aos investidores exposição a um mercado específico sem precisar adquirir esses valores de maneira individual. Isso significa que os investidores podem usar os ETFs para tomar, ativamente, decisões rápidas sobre a distribuição de ativos, mudando com facilidade entre diferentes classes de ativos, setores, regiões ou temas de investimento, o que proporciona uma infinidade de maneiras de diversificar as aplicações e administrar o risco. Os investidores da América Latina, por exemplo, utilizam os ETFs com frequência como forma de acrescentar diversificação internacional aos portfólios ou como parte de uma estratégia composta por vários ativos.

Custo

A maioria dos ETFs é concebida para acompanhar o desempenho de um índice de referência. Por isso, frequentemente, os ETFs têm custos mais baixos comparados aos de outros tipos de veículos ou fundos de investimento administrados de forma ativa, que geralmente tomam uma maior parte do rendimento para cobrir gastos como comissões por administração e por operação. As comissões mais baixas oferecem aos investidores a opção de preservar uma parte maior dos ganhos, o que, possivelmente, ajuda-os a atingir seus objetivos de investimento antecipadamente. Além disso, os ETFs tendem a ser fiscalmente eficientes*, particularmente os ETFs de UCITS, o que pode oferecer possíveis benefícios fiscais em comparação com outros produtos.

Liquidez

Como os ETFs são comercializados em bolsas de valores, a possibilidade de comprar e vender sempre que o mercado estiver aberto é uma das razões pelas quais os investidores optam pelos ETFs. Assim como ocorre com as ações, os investidores podem ver os preços dos ETFs em tempo real, o que significa que qualquer notícia que afete os mercados se refletirá rapidamente no preço. Assim, os investidores podem tomar decisões mais conscientes quanto a sair de um investimento ou adicioná-lo ao portfólio.

Transparência

A maioria dos ETFs publica as reservas diariamente e informa os resultados de rendimento trimestralmente. Os investidores podem saber exatamente todas as informações antes de adquirir um ETF e, uma vez que tenham investido, podem acompanhar as aplicações atuais dos fundos nos ETFs para saber qual é o desempenho de um fundo em relação ao índice de referência. Essa transparência pode proporcionar aos investidores maior confiança sobre como o dinheiro deles está sendo investido e permite que eles controlem se um ETF está atingindo os objetivos de investimento estabelecidos.

Flexibilidade

Como os ETFs são comercializados em bolsas de valores, os investidores têm a flexibilidade de comprar e vender sempre que o mercado estiver aberto. Os ETFs podem também ser utilizados para obter uma variedade de estratégias de investimento, como estratégias do tipo “comprar e manter” ou estratégias de distribuição de ativos táticos, ou utilizados como instrumentos de negociação em curto prazo.

É preciso agir agora

Com um enfoque cada vez maior dos investidores e consultores no valor econômico, os ETFs representam uma alternativa de baixo custo para ter acesso a uma grande variedade de opções de investimento. Os ETF iShares Core podem ser utilizados como componentes para criar a base de um portfólio de longo prazo diversificado e suficientemente ágil para responder as mudanças dos mercados, além de permitir que os investidores adotem rapidamente as novas tendências de investimento que vão surgindo.

 

 

Contato