Todos em abril

Venezuela fabricou só 65 veículos em 2019; produção cai 99,9% em 10 anos

Em crise, país produziu 60 carros e 5 caminhões nos 5 primeiros meses do ano, todos concentrados no mês de abril

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A fabricação de veículos venezuelana despencou drasticamente em meio a uma recessão e à hiperinflação. Omar Bautista, presidente executivo da Câmara Venezuelana de Fabricantes de Automóveis (Favenpa) revelou no final da semana passada que o país produziu apenas 65 veículos no total dos primeiros 5 meses de 2019 – queda de 99,9% na comparação com o mesmo período de 2009, quando 45.500 veículos saíram das fábricas. 

Do total, 60 foram carros da Toyota e 5 caminhões da Iveco. Todos eles foram finalizados em abril, o que significa que entre janeiro e março não houve produção de automóveis no país inteiro, disse Bautista ao jornal 2001. 

Ainda de acordo com o representante da indústria, as montadoras que ainda têm operações no país são Ford, Mitsubishi, FCA e Mack de Venezuela. “A produção dessas empresas é nula, não foi montada nenhuma unidade neste ano”, disse ele. 

PUBLICIDADE

Segundo apurou o periódico, há concessionárias ao redor do país sem carros para venda, enquanto outras possuem veículos novos com fabricação em 2015. Com a hiperinflação, os custos de fabricação, em dólares, subiram. E a população não tem poder de compra para adquirir veículos. 

Em 2017, a indústria automotiva trabalhou com 20% de sua capacidade e a produção caiu 99% na comparação com o ano anterior, totalizando 2 mil unidades. Já em 2018 o número total alcançou míseros 1.155 veículos, entre automóveis e caminhonetes, da Toyota e da Ford. Poucos anos antes, a média anual do país era de 500 mil. 

Proteja seu patrimônio da inflação. Abra uma conta gratuita na XP e comece a investir.