Bons resultados

Vendas no e-commerce brasileiro crescem 1,85% em janeiro

Em comparação com o mesmo período de 2019, o crescimento foi de 34%

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Após registrar queda em dezembro de 2019, as vendas por comércio eletrônico no Brasil em janeiro cresceram 1,85%, na comparação com o mês anterior. Os dados são do índice MCC-ENET, desenvolvido pelo Comitê de Métricas da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico em parceria com o Movimento Compre & Confie.

O índice mostrou ainda crescimento nas vendas em todas as regiões do país no comparativo mês a mês, com destaque para a região Nordeste, que teve um aumento de 9,12%, seguido por Centro-Oeste, 4,68%, Sul, 2,89%, Norte,1,79%, e, por último, o Sudeste com 0,18%.

A variação de vendas em janeiro de 2020, em relação ao mesmo período do ano passado, registrou um salto de 34,16%. No acumulado dos últimos 12 meses, o índice das vendas online foi de 49,02%.

PUBLICIDADE

O faturamento do setor também registrou um aumento no comparativo mês a mês, 1,87%, segundo o índice MCC-ENET.

A pesquisa ainda revela que, no último trimestre de 2019, 13,7% dos internautas no Brasil realizaram ao menos uma compra online. O resultado é 2,4 pontos percentuais maior que o registrado no trimestre anterior.

2019 positivo

Mesmo com o resultado negativo apresentado no último mês de 2019, o ano foi bastante positivo para o e-commerce brasileiro. O segmento faturou R$ 61,9 bilhões no ano passado, resultado 16,3% maior dos alcançados em 2018.

Em dezembro, o setor representou 5% do comércio varejista restrito (exceto veículos, peças e materiais de construção).

A categoria mais comprada pelos consumidores virtuais no mês foi a de equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação, representando 40,8% das compras virtuais. Móveis e eletrodomésticos (24,9%) e tecidos, vestuário e calçados (12,3%) fecham o ranking por categoria.

Conquiste sua independência financeira o mais rápido possível. Invista. Abra sua conta na XP – é grátis