Comércio

Vendas devem crescer de 10% a 15% em dezembro ante novembro, prevê ACSP

Na comparação com o mesmo período do próximo ano, espera-se estabilidade

arrow_forwardMais sobre
Comércio de rua em São Paulo
(Rodrigo Paiva/Getty Images)

Para a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), com o Natal, as vendas do mês de dezembro devem fechar com alta de 10% a 15% em relação ao registrado em novembro. Na comparação com o mesmo período do próximo ano, espera-se estabilidade.

“Não recupera o que se perdeu no ano, mas o primeiro passo para voltar a crescer é parar de cair”, diz o economista da ACSP, Marcel Solimeo. Ele pontua que para o próximo ano, o governo precisa pensar em estratégias para manter o consumo.

“Como as reformas não saíram e se saírem só vão fazer efeito lá na frente, algo precisa ser feito. Pelo menos voltar com o Bolsa Família repaginado e melhorado, porque a normalidade ainda está longe e mesmo na normalidade, tínhamos esse programa”, diz Solimeo.

A ACSP viu de maneira positiva o aumento do horário de funcionamento do comércio no Estado de São Paulo. O horário havia sido reduzido com a volta da Fase Amarela no chamado “Plano São Paulo”, mas o Governo voltou atrás.

Para a Associação, porém, o ideal seria aumentar ainda mais a abertura das lojas para evitar aglomerações.

Quer receber aluguel sem ter imóvel? Thomaz Merluzzi, estrategista de Fundos Imobiliários da XP, oferece treinamento gratuito para quem busca uma fonte de renda passiva – inscreva-se já!