Conteúdo Patrocinado
Oferecido por Ministério do Turismo

Selo Turismo Responsável busca levar mais segurança para viagens pelo Brasil

Campanha para a retomada do turismo no Brasil tem adesão histórica de 32 entidades e mais de 21 mil empresas do segmento

Com a pandemia do novo coronavírus ainda presente pelo mundo, as viagens internacionais estão sendo adiadas pelos turistas. Com isso, o turismo interno ganha força ao mesmo tempo em que é preciso seguir tomando todos os cuidados para evitar a transmissão do vírus. É buscando essa conscientização e o cumprimento dos protocolos de segurança que o Ministério do Turismo criou o Selo do Turismo Responsável, Limpo e Seguro.

Esse selo é um atestado de compromisso gratuito e de adesão espontânea, pelo qual as empresas que integram a cadeia produtiva do turismo poderão demonstrar a seus clientes, turistas e usuários que estão comprometidas com os protocolos de saúde e segurança estabelecidos pelos órgãos oficiais para conter a disseminação da COVID-19 em seus estabelecimentos.

Para ter acesso ao selo, as empresas e guias de turismo precisam estar devidamente inscritos no Cadastur (Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos). Essa é a primeira etapa do Plano de Retomada do Turismo Brasileiro, coordenado pelo Ministério do Turismo, com o objetivo de diminuir os impactos da pandemia e preparar o setor para um retorno gradual às atividades.

Podem participar empresas como Agências de Turismo, Transportadoras de Turismo, Organizadores de Eventos, Parques Temáticos, Restaurantes, Cafeterias e similares, Centros de Convenções, Casas de Espetáculos e outros agentes do setor.

Para que essa retomada ocorra com o máximo de segurança possível, seguir protocolos como uso máscaras, álcool em gel, distanciamento e atenção redobrada às aglomerações e contatos sociais é essencial para o Ministério.

O objetivo é mostrar que o jeito de viajar mudou e que novos hábitos precisam ser praticados, o que não impede o turista de viajar e redescobrir as belezas do Brasil de forma responsável. Já os organizadores da campanha estão otimistas com a adesão inicial: são 32 entidades e mais de 21 mil empresas participantes – até o momento.

Protocolos para os viajantes

Além das empresas, a campanha busca conscientizar os turistas, que podem acessar às informações de como realizar a viagem de acordo com as melhores práticas. O manual criado para os turistas lembra, por exemplo, da importância de realizar a viagem com um seguro contratado. Outra recomendação é a de priorizar os passeios ao ar livre e, sempre que possível, deixar janelas abertas e buscar ventilação natural ao invés do ar-condicionado.

Para saber mais, acesse a página Retomada do Turismo e siga todos os protocolos para a sua viagem.

PUBLICIDADE

Importante: A publicação acima é um conteúdo patrocinado, sendo que a Infostocks Informações e Sistemas Ltda. (“InfoMoney”) não tem qualquer responsabilidade pelo conteúdo e informações disponibilizadas, não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações, não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. O autor ou empresa responsável pelo conteúdo estão indicados na própria publicação.