Muito calor

Robô que fazia segurança de prédio comercial “se suicida” e viraliza

Durante o “expediente“, robô de patrulha caiu dentro de uma fonte de água e “morreu“  

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – “Nos prometeram carros voadores, em vez disso temos robôs suicidas”, lamentou-se Bilal Farooqui, funcionário de um complexo empresarial em Washington, ao publicar em seu Twitter a fotografia de um robô de segurança que caiu dentro da água na semana passada, deixando de funcionar irreversivelmente. A publicação viralizou, chegando a cerca de 315 mil curtidas e 145 mil compartilhamentos.

Alugado por shoppings, escritórios e estacionamentos para reforçar o esquema de câmeras de segurança, o robô K5 mede cerca de 1,5 metro e pesa quase 140 kg. Ele consegue se guiar através do local para captar imagens e fazer reconhecimento térmico e leitura de placas, por exemplo.

Após a repercussão do tuíte sobre o “suicídio”, a empresa que fabrica essa tecnologia entrou na brincadeira e fez uma publicação onde dizia que o “segurança” apenas “queria aproveitar o verão”.

Aprenda a investir na bolsa

“Ouvi que humanos podem mergulhar na água nesse calor, mas robôs não podem. Sinto muito”, escreveu a Knightscope, em publicação bem-humorada simulando um comentário do próprio produto em seu Twitter oficial. A região de Washington tem vivido temperaturas acima de 30 graus Celsius ultimamente.