Recorde na arte

Retrato de Marylin, de Andy Warhol, é vendido por US$ 195 milhões; veja a obra

Retrato é uma das obras de pop art mais conhecida do mundo e bateu recorde de obra de arte do século 20 mais cara vendida em leilão

Por  Equipe InfoMoney -

A última segunda-feira (9) terminou com um importante marco para o mundo da arte: o famoso retrato de Marylin Monroe, feito pelo artista Andy Warhol em 1964, foi vendido por US$ 195 milhões. Tornou-se, assim, a obra de arte mais cara do século 20 a ser vendida em leilão realizado pela Christie´s.

A obra, Shot Sage Blue Marilyn, feita por de Andy Warhol em serigrafia a partir de uma imagem publicitária da cantora e atriz, foi arrematada em um leilão na noite de ontem em uma disputa que durou menos de quatro minutos. A pintura foi o lote final 36, de uma coleção de arte da fundação suíça Thomas e Doris Ammann, que arrecadou US$ 317,8 milhões.

Segundo comunicado da Christie´s, a venda demonstrou forte demanda dos colecionadores e confiança no mercado, depois de atrair a participação de licitantes em 29 países, com 68% dos lotes vendidos acima da alta estimativa.

Obra Marylin de Andy Warhol

(Foto: Divulgação / Christie´s)

A renda total da venda será doada pela Fundação Thomas e Doris Ammann para beneficiar instituições de caridade que prestam serviços médicos e educacionais urgentes a crianças.

O comprador da Marilyn de Warhol, por sua vez, Larry Gagosian, um galerista e negociador de arte americano, foi convidado a fazer parceria com a Fundação e desempenhar um papel ativo no cumprimento de sua missão global de ajuda às crianças, com a oportunidade de indicar as instituições de caridade para as quais 20% dos lucros da obra serão destinados.

Alex Rotter, presidente da Christie’s 20th and 21st Century Art, comemorou a venda: “Esta noite foi uma noite histórica para a Christie’s e para todo o mercado de arte contemporânea. A venda recorde do retrato icônico de Warhol de Marilyn da Coleção de Thomas e Doris Ammann é uma prova da força, da vibração e do entusiasmo geral do mercado de arte hoje”. E emendou: “Esta venda demonstra o poder difundido de Andy Warhol, bem como o legado duradouro que ele continua deixando para trás no mundo da arte, cultura popular e sociedade.”

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe