Oferecido por

Plataforma de criação de site de e-commerce  Deco.cx atrai US$ 2,2 milhões em investimentos

Startup brasileira facilita o trabalho de desenvolvedores e melhora o desempenho das lojas de comércio eletrônico, aumentando em 30% a taxa de conversão

MoneyLab

Publicidade

Facilitar a criação de sites de e-commerce mais rápidos e eficientes. Esse é o propósito da startup brasileira Deco.cx, que foi criada em outubro de 2022 pelos empreendedores Guilherme Rodrigues, Luciano Junior e Rafael Crespo, vem se destacando no segmento de plataformas de desenvolvimento front-end e recebeu uma rodada inicial de investimento de US$ 2,2 milhões para financiar seu crescimento.

A empresa planeja investir os recursos no fortalecimento do seu time de tecnologia, na adoção de inteligência artificial e na expansão de suas operações para novos mercados, incluindo os Estados Unidos.

O cofundador Luciano Junior conta que o objetivo da empresa é simplificar a vida dos desenvolvedores. “Começamos a criar uma visão de superferramentas para que as pessoas possam se concentrar no que realmente querem fazer, em vez de perder tempo com códigos que não estão relacionados ao seu trabalho”, ele explica.

A Deco.cx é uma plataforma de código aberto para Deno, JSX e Tailwind. Ela permite criar sites de comércio eletrônico em uma infraestrutura global de ponta com altos níveis de customização e eficiência, mas de forma relativamente simples, incorporando ferramentas de arrastar e soltar (drag-and-drop) e linguagem natural.

Situa-se entre as plataformas de construção básicas, que dispensam códigos, e as configurações complexas, que demandam amplo trabalho de criação de códigos.

Em pouco mais de um ano de operação, a Deco.cx já conquistou mais de 65 clientes, incluindo Grupo Reserva, Osklen e Zee.Dog, e integrou uma comunidade de mais de 2.400 desenvolvedores web e 36 agências parceiras de integração de sistemas. Segundo o cofundador Rafael Crespo, empresas que adotaram a plataforma registraram um crescimento médio de 5 vezes na pontuação do PageSpeed e um aumento de 30% nas taxas de conversão.

Esses resultados e o potencial de crescimento atraíram a atenção de investidores que fizeram o primeiro aporte na empresa. A injeção de US$ 2,2 milhões foi liderada pela MAYA Capital e inclui FJ Labs, Lanx e Crivo Ventures. Com os recursos, a Deco.cx terá condições de acelerar sua expansão. “Vemos uma enorme oportunidade, especialmente devido à expectativa de que o comércio continue a crescer e alcance a penetração que vemos em outros países, como os Estados Unidos ou a Ásia”, afirma Monica Saggioro, cofundadora da MAYA Capital.

De acordo com Guilherme Rodrigues, cofundador da Deco.cx, a empresa usará parte dos recursos para incorporar inteligência artificial em sua plataforma, fortalecer seu time de engenharia e expandir a operação para novos mercados.

O objetivo, ele afirma, é fazer com que a empresa se torne a principal escolha de desenvolvedores web que buscam uma ferramenta que facilite seu trabalho, sem necessidade de se envolverem em detalhes técnicos complexos ou trabalhos repetitivos e demorados, permitindo que foquem mais na criação e inovação e menos nas tarefas técnicas e operacionais básicas.

MoneyLab

MoneyLab é o laboratório de conteúdo de marcas do InfoMoney. Publicidade com criatividade e performance a favor de grandes ideias. Publicamos conteúdos patrocinados para clientes e parceiros.