Será?

Passagens aéreas ficarão mais baratas em setembro, diz ministro

Tarcísio de Freitas, ministro da Infraestrutura, aposta no aumento da oferta de voos com a entrada de empresas estrangeiras no país

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, disse que as passagens aéreas no país ficarão mais baratas a partir de setembro desse ano. Para tanto, ele aposta em um aumento da oferta de voos e da chegada de estrangeiras de baixo custo ao mercado nacional. 

“O que vai acontecer é uma quantidade maior de oferta de voos e a entrada de empresas low cost, de baixo custo no país”, disse ele na segunda-feira (15).

“As companhias que já operam no Brasil estão trazendo uma quantidade maior de aviões. A gente vai aumentar a oferta e isso naturalmente vai ter efeitos sobre as tarifas e a gente vai perceber isso a partir de setembro”, complementou.

PUBLICIDADE

Algumas low cost já aproveitaram a abertura de capital estrangeiro no setor para vir ao país. Entre elas, a espanhola Globalia, dona da Air Europa, deve começar a operar no segundo semestre de 2020. Em outubro, a argentina Flybondi começa a voar a partir do Rio. 

Vale destacar que os preços das passagens aéreas estão em movimento ascendente graças à crise da Avianca, atualmente em recuperação judicial. Em média, os valores subiram 30% em maio, na comparação com o mesmo mês do ano anterior. 

Invista melhor e viaje mais. Abra uma conta gratuita na XP. 

Com Agência Brasil