Dinheiro no garrafão

NBA quer criar veículo para pessoas comuns investirem em times de basquete

Liga diz que considera formar "um novo veículo de capital que pode comprar participações passivas minoritárias em várias equipes da NBA"

arrow_forwardMais sobre

(Bloomberg) — Com o valuation de suas franquias nas alturas, a Associação Nacional de Basquete dos EUA, ou NBA, avalia a criação de um veículo de investimento que compraria participações minoritárias de equipes individuais.

Em memorando enviado aos proprietários, cuja cópia foi vista pela Bloomberg News, a liga diz que considera formar “um novo veículo de capital que pode comprar participações passivas minoritárias em várias equipes da NBA”.

A estrutura e os termos do negócio não foram finalizados, de acordo com o memorando de 5 de agosto, segundo o qual o assunto seria discutido na reunião de donos de equipes em 20 de setembro, em Nova York.

PUBLICIDADE

“Este veículo forneceria liquidez adicional para a venda de participações em equipes, inclusive fornecendo acesso a um novo universo de investidores de longo prazo que atualmente não têm acesso a oportunidades de participações em equipes”, afirmou a liga.

Um representante da NBA não quis comentar.

Os preços das equipes da NBA dispararam. O Brooklyn Nets, por exemplo, acabou de ser vendido por um valor recorde de US$ 2,3 bilhões.

A valorização tem sido uma bênção e uma maldição para a liga. Quando os sócios limitados da NBA, ou LPs na sigla em inglês, querem vender suas participações, pode ser difícil encontrar interessados – especialmente porque as participações geralmente vêm com poder limitado.

Participações caras

Uma fatia de 5% em uma equipe de US$ 2 bilhões valeria US$ 100 milhões, embora as participações LP geralmente embutam um desconto de 10% a 25%, porque a maioria não inclui um assento no conselho ou qualquer decisão de governança nas equipes.

Existem inúmeras razões pelas quais as pessoas compram pequenas participações de uma equipe esportiva profissional, como a satisfação do ego e o uso da experiência como treinamento para um papel mais significativo no futuro.

PUBLICIDADE

A NBA solicitou o feedback dos donos de equipes para medir seu interesse em vender para esse veículo ou permitir que membros do grupo de proprietários o façam. O memorando dizia que termos específicos – como quanto ou o mínimo que o veículo poderia adquirir de cada equipe – não foram determinados.

Os donos de equipes devem responder até quarta-feira.

“O objetivo desse levantamento é fornecer ao comitê e ao escritório da liga um senso geral do nível inicial de interesse potencial em toda a liga em perseguir esse programa”, disse a NBA no memorando.