Navio Costa Fascinosa aporta no Rio com sete casos de Covid-19 a bordo

Passageiros iniciaram viagem no dia 30 de dezembro

Agência Brasil

Mulher fotografa navio Costa Fascinosa, que não será mais usado neste ano em cruzeiros no Brasil (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Publicidade

Aportou na manhã de quinta-feira (6) no Pier Mauá, no centro do Rio de Janeiro, o navio de cruzeiros Costa Fascinosa. Ao longo da manhã, houve o desembarque completo dos passageiros, que subiram a bordo no dia 30 de dezembro.

Segundo a operadora Costa Cruzeiros, o navio deixou o Porto de Santos na segunda-feira (3), onde não houve embarques. De acordo com as últimas informações divulgadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), foram reportados dois casos de Covid-19 entre os tripulantes e cinco entre os passageiros do Costa Fascinosa, que deverão cumprir quarentena de 10 dias na cidade.

A empresa informou que suspendeu voluntariamente seus cruzeiros nos portos brasileiros até 21 de janeiro de 2022, devido aos surtos de Covid-19 que ocorreram a bordo de navios e à recomendação da Anvisa.

Planilha Gratuita

O seu bolso vai agradecer

Organize a sua vida financeira com a planilha de gastos do InfoMoney; download liberado

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Com isso, foram cancelados os embarques de passageiros do navio Costa Diadema em Santos nos dias 3, 10 e 17 e em Salvador, programados para os dias 6, 13 e 20 de janeiro.

O Costa Fascinosa cancelou os embarques em Santos nos dias 3, 10 e 18 de janeiro; no Rio de Janeiro em 6 e 14 e em Itajaí nos dias 08 e 16 de janeiro.

De acordo com a empresa, os passageiros afetados pelos cancelamentos terão as opções de crédito para uma nova viagem ou estorno dos valores pagos.

Continua depois da publicidade

“A Costa Cruzeiros está informando os agentes de viagens e todos os hóspedes do Costa Diadema e Costa Fascinosa – os dois navios da empresa no Brasil na temporada 2021/22 – afetados pelos cancelamentos. A Costa Cruzeiros oferece a opção de transformar o valor pago pelo cruzeiro em um voucher de crédito a ser utilizado até 31 de dezembro de 2022 para embarques até 30 de junho de 2023. Também será oferecida a alternativa de reembolsar o valor pago pelo cruzeiro a ser executado nos prazos da Lei 14.046 de 2020 (suas alterações e prorrogações)”.

MSC Preziosa

Na quarta-feira (5) foram desembarcados também no Rio de Janeiro os passageiros do navio MSC Preziosa. As primeiras informações da Anvisa eram de que havia a bordo 25 tripulantes e oito passageiros com Covid-19. O navio seguiria para o Nordeste, mas devido às chuvas na região, antecipou o fim da viagem em quatro dias.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), após a investigação conjunta feita a bordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES) e a Anvisa, foram confirmados 81 casos de Covid-19 no MSC Preziosa, sendo 61 tripulantes e 20 passageiros, dos quais 16 são brasileiros, sendo dois moradores da cidade, e quatro estrangeiros.

“Todos esses casos e seus contatos estão em isolamento. Os 16 brasileiros estão com sintomas leves e bem clinicamente. Foram realizadas coletas para investigação laboratorial por RT-PCR e, se atingirem os critérios laboratoriais, serão sequenciadas pela Fiocruz para identificação da variante”, informou a SMS.

Os moradores do Rio de Janeiro e de cidades próximas foram encaminhados para isolamento em domicílio e os residentes de fora do Rio foram alojados em um hotel. Os tripulantes permaneceram a bordo do navio e estão sendo acompanhados pela equipe de saúde da embarcação.

Houve embarque de passageiros no MSC Preziosa no domingo (2), mesmo dia em que 28 pessoas com Covid-19 haviam desembarcados do navio no Rio de Janeiro.