Ministério fará novas reuniões com aéreas antes de anunciar medidas para preço das passagens

Expectativa é de que plano inclua medidas para encarar altos preços de passagens compradas em cima da hora

Estadão Conteúdo

Publicidade

O Ministério de Portos e Aeroportos (MPor) marcou para segunda-feira (18) uma nova rodada de reuniões com as empresas aéreas para definir o pacote de medidas que buscará reduzir o preço das passagens aéreas do país.

A pasta já havia realizado uma série de reuniões na semana passada. A previsão anterior era de que o pacote pudesse ser divulgado já no dia 20. Agora, porém, não há nova estimativa.

O pacote foi uma demanda do MPor às empresas. As sinalizações do ministério e das empresas são de que o plano irá passar por maior volume de promoções e por medida para reduzir valor do querosene de aviação (QAV), que deve funcionar como moeda de troca para viabilizar implementação de medidas pelas empresas.

Masterclass Gratuita

Rota Liberdade Financeira

Aprenda a investir e construa um patrimônio do zero com o treinamento exclusivo do InfoMoney

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Há ainda expectativa de que o plano possa incluir medidas para encarar altos preços de passagens compradas em cima da hora. Outra possibilidade é de que governo sinalize sobre propostas para reduzir o volume de judicialização que atinge as empresas.

Outra ação é a estruturação do Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac), que tramita na Câmara dos Deputados e prevê R$ 8 bilhões de capital para investimentos para as companhias aéreas, envolvendo financiamento do BNDES.