Oferecido por

InfoMoney no ProXXima 2024: “não se pode desperdiçar o tempo da sua audiência”

Patrocinador da 18ª edição do evento de marketing e comunicação, o veículo promoveu um painel sobre inovação com Lisandro Lopes, CMO da XP, e Pablo Spyer, o Tourinho

MoneyLab

Pablo Spyer, o Tourinho, Mariana Amaro, apresentadora do Zero ao Topo, e Lisandro Lopes, CMO da XP, durante o painel do InfoMoney

Publicidade

Conteúdo personalizado e de credibilidade, criação de comunidades, formas de comunicação originais e inovadoras. Essas foram as provocações que o InfoMoney levou para o ProXXima 2024, o mais respeitado evento de tecnologia e inovação do setor de marketing e comunicação, realizado nos dias 4 e 5 de junho, em São Paulo.

Lisandro Lopez, CMO na XP Inc, grupo do qual a empresa faz parte, e Pablo Spyer, sócio da XP INC, CEO da Vai Tourinho, participaram de um painel mediado pela editora e apresentadora do podcast de empreendedorismo Do Zero ao Topo, Mariana Amaro.

Entre os cases apresentados, Lisandro destacou o canal de whatsapp do InfoMoney, que em pouco mais de três meses atingiu mais de 750 mil inscritos, com grade de publicação diária, se tornando o maior canal de notícias sobre finanças e economia no aplicativo. O sucesso foi tamanho que foi replicado para outras frentes da companhia, como a parceria da XP com a realização NFL no Brasil.

Continua depois da publicidade

“Não adianta inventar a roda. As pessoas já escolheram as plataformas que elas estão. E é preciso criar conteúdos específicos para cada uma delas. A surpresa boa é o whatsapp. O usuário já está lá. Um email, por exemplo, tem taxa de 20% de abertura. No whatsapp esse número chega a 70%. Estar nesses canais onde as pessoas já estão, com uma linguagem apropriada é o que faz a diferença”, destaca.

O executivo também enxerga o InfoMoney com um meio de levar informação de qualidade para as pessoas que buscam investir melhor. “Em um ambiente de inúmeros informações, de fakenews, fazer esse trabalho de curadoria é essencial. O tempo das pessoas é curto, e a disputa por atenção é grande”, afirma.

Ele destacou ainda a parceria do veículo com outros player do mercado, como New York Times, FORTUNE  E Harvard Business Review. “Isso tem a ver com trazer credibilidade, e também em fazer essa curadoria para valorizar o tempo das pessoas.”

Continua depois da publicidade

Tourinho, por sua vez, contou como se inspirou para criar um formato original de ‘morning call’, totalmente diferente de toda a concorrência. Para ele, a velha máxima de que tempo é dinheiro também é uma das chaves do negócio.

“Eu faço conteúdos curtos, com informações precisas. Explico rapidamente, por exemplo, por que o preço do petróleo está subindo, e o que isso vai impactar na inflação. Não se pode desperdiçar o tempo de quem te assiste”, ressaltou.

“E estou sempre pensando em agregar valor no vídeo de apenas 2 minutos. Uso tudo o que tenho. As telas, imagens, gráficos, escrevo recados. Tudo agrega valor. Eu poderia fazer um vídeo de uma hora, mas as pessoas iriam parar de me assistir”, completa.

Continua depois da publicidade

Com as iniciativas, o influenciador tem mais de 2 milhões de contas seguindo os conteúdos diários e semanais dos programas e cortes virais (Telegram, YouTube, Twitter, Facebook, Instagram, LinkedIn e TikTok), e ganhou por dois anos seguidos o prêmio ibest, o oscar da Internet.

Já o InfoMoney é atualmente o maior ecossistema de informação sobre economia, investimentos e negócios do Brasil, com uma comunidade de leitores e seguidores engajada. O site tem 21% de market share da audiência dos portais do segmento.

MoneyLab

MoneyLab é o laboratório de conteúdo de marcas do InfoMoney. Publicidade com criatividade e performance a favor de grandes ideias. Publicamos conteúdos patrocinados para clientes e parceiros.