MERCADOS AO VIVO IPO: ações da Allied estreiam na B3 próximas à estabilidade

IPO: ações da Allied estreiam na B3 próximas à estabilidade

HSBC reformula financiamento que usa imóvel como garantia

Prazo de pagamento passou de 5 anos para 10 anos e o limite de empréstimo foi aumentado de R$ 200 mil para R$ 500 mil

SÃO PAULO – O banco HSBC anunciou nesta quarta-feira (19) a reformulação do Crédito Casa, linha de financiamento que usa um imóvel já quitado como garantia da operação de crédito.

Com o novo modelo, o prazo máximo de pagamento passou de cinco para dez anos e o limite de empréstimo foi aumentado de R$ 200 mil para R$ 500 mil. Já a taxa de juros permaneceu em 19,5% ao ano.

A linha de financiamento está disponível para os clientes do banco e é disponibilizada após aprovação dos documentos necessários e a avaliação do imóvel. O crédito liberado pode chegar a até 50% do bem dado como garantia.

“O refinanciamento imobiliário é uma boa opção para os clientes que desejam recursos para realizar um projeto pessoal, como viagens ou cursos, entre outros”, diz o diretor de crédito imobilário do HSBC, Antônio Barbosa.

Cuidados
De acordo com o Ibedec (Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo) , o consumidor deve ficar atento com o superendividamento na hora de optar por esta modalidade de financiamento.

 Veja algumas dicas do Instituto:

  • Quem já está “pendurado” no empréstimo consignado não deve hipotecar a casa para pagar dívidas com cartão ou cheque especial.
  • O consumidor que já está endividado e só tem um imóvel tem muito mais chance de barganhar formas de pagamento melhores ou maiores prazos.
  • Caso opte pelo empréstimo com garantia hipotecária, faça as contas antes e veja se a parcela mensal não compromete mais do que 30% de sua renda líquida, que nada mais é do que o salário menos INSS, imposto de renda, plano de saúde e outras dívidas já contraídas.