Tailândia

Homem é condenado a 35 anos de prisão na Tailândia por post no Facebook

Os insultos foram enquadrados no chamado crime de lesa-majestade, ou seja, de insulto a membros da realeza 

SÃO PAULO – Um homem na Tailândia foi condenado a 35 anos de prisão depois de ter feito um post insultando a família real do país no Facebook. Ele teria usado um perfil falso no nome de um amigo para postar vídeos e mensagens que denegriam a imagem do rei Maha Vajiralongkorn, no poder desde 2016, de acordo com informações do The Guardian.

O homem de 34 anos, identificado como Wichai, publicou fotos, vídeos e comentários na rede social que violam os regulamentos locais da Tailândia em relação à família real.

Os insultos foram enquadrados no chamado crime de lesa-majestade, ou seja, de insulto a membros da realeza. O rapaz, que foi preso em 2016, estava aguardando julgamento e essa semana foi condenado. Como ele confessou ser o autor das publicações sua pena foi reduzida pela metade, de 70 para 35 anos.