Roubo de dados

Golpe do FGTS no WhatsApp promete saque imediato do fundo

Por meio de mensagens do WhatsApp e e-mails falsos, criminosos se passam pela Caixa Econômica Federal para roubar dados pessoais dos trabalhadores

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Depois do anúncio de que a Caixa Econômica Federal irá liberar R$ 500 das contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para saque, mensagens falsas começaram a circular via WhatsApp, e-mail e SMS para atrair usuários desavisados e roubar dados pessoais.

Nas mensagens fraudulentas, os criminosos se passam pela Caixa e fazem falsas promessas, como um saque imediato do FGTS, mesmo que oficialmente só comece a ser liberado em setembro. Perguntas como “Deseja sacar todo seu FGTS?” e solicitação de senhas também são recorrentes. Confira uma das imagens falsas em circulação: 

PUBLICIDADE

Em outro golpe, passam um alerta falso informando que o usuário tem saldo em mais de duas contas e que o sistema unificou ambas para que o recebimento seja simplificado.

Nessas mensagens há um link. Ao clicar, o usuário acaba permitindo aos golpistas total acesso a seus dados. Os criminosos podem consultar o número do Cartão Cidadão da vítima e alterar o endereço do beneficiário, além de conseguir roubar senhas e instalar vírus no dispositivo.

A Caixa informa que não envia links ao usuário e nem pede confirmação de dados ou acesso à conta por e-mail, e muito menos por Whats App ou SMS. Para se informar, de forma clara e segura, sobre o seu FGTS, o trabalhador deve acessar apenas o aplicativo FGTS ou o site oficial fgts.caixa.gov.br. Para saber mais sobre as consultas a contas ativas e inativas, clique aqui. 

Como evitar cair em golpes online

Sempre verifique a origem e veracidade do e-mail, mensagem ou link que recebeu. Nunca confie em mensagens enviadas por remetentes que você não conheça ou ache estranhos.

Também evite clicar em links suspeitos, como os enviados por endereços com muitos caracteres e números ou mensagens com muitos erros de português. E-mails que pedem confirmação de dados pessoais e senhas são, em geral, golpes.

Ao receber esse tipo de mensagem, não responda e entre imediatamente em contato com o canal oficial de comunicação do serviço ou empresa em questão.

PUBLICIDADE

Vai sacar o FGTS? Invista. Abra sua conta na XP Investimentos – é grátis