Todas as regiões com queda no valor

Gasolina recua 5,46% após redução de ICMS e litro é vendido a R$ 7,15, mostra Ticket Log

Etanol também ficou mais barato com recuo de 4,39%: preço médio do litro ficou em R$ 5,74

Por  Estadão Conteúdo -

Dados do Índice de Preços Ticket Log (IPTL) apontam que, após a redução da alíquota do ICMS, o preço do litro da gasolina apresentou recuo de 5,46% nas bombas de abastecimento do País, em relação à média do fechamento de junho. Nos primeiros dias de julho, o combustível teve o litro comercializado ao valor médio de R$ 7,15.

O etanol também ficou mais barato para os motoristas brasileiros e, com recuo de 4,39%, o preço médio do litro do combustível se apresenta neste início do mês a R$ 5,74.

Todas as regiões apresentaram queda no valor da gasolina, e a mais expressiva foi registrada no Centro-Oeste (9,42%), onde o combustível passou a custar R$ 6,82. Porém, o menor preço médio para a gasolina foi identificado na Região Sul, a R$ 6,68, com redução de 7,11%.

Assim como para a gasolina, o Centro-Oeste apresentou a maior redução no preço do etanol (8,82%), comercializado a R$ 4,95. A região também registrou a menor média do País para o combustível.

“O IPTL identificou que todos os Estados brasileiros registraram recuos no preço da gasolina neste início de mês, que variaram de 1,91%, a exemplo da Paraíba, e chegaram a 14,24%, como é o caso de Goiás”, destaca Douglas Pina, Diretor-Geral de Mainstream da Divisão de Frota e Mobilidade da Edenred Brasil.

São Paulo é o Estado com a gasolina mais barata de todo o território nacional, comercializada a R$ 6,36, com baixa de 8,99% no preço após a redução do imposto. A média mais alta continua sendo a do Piauí (R$ 7,82).

A redução mais expressiva para o etanol foi identificada nos postos de abastecimento do Mato Grosso (10,72%), que passou de R$ 5,03 para R$ 4,49. Contudo, assim como para a gasolina, a média mais baixa para o etanol foi encontrada nos postos paulistas a R$ 4,36; e o preço mais alto do litro foi registrado no Pará a R$ 6,74.

“Bem como no fechamento de junho, o etanol continua sendo a opção mais vantajosa apenas para os motoristas de São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e agora para os do Piauí e do Paraná também”, conclui Pina.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log, que administram 1 milhão de veículos, com uma média de oito transações por segundo.

Calcule os custos para ter um carro
Baixe uma planilha gratuita que compara os gastos de um automóvel com outras opções de mobilidade:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

Compartilhe