Turismo

Especialistas dão dicas para maximizar férias de luxo

Mesmo quando dinheiro não é problema, o planejamento pode fazer toda a diferença

arrow_forwardMais sobre

(Bloomberg) — Viajar com uma mochila pela Europa ou de carro pelas estradas dos Estados Unidos pode ser divertido quando você é jovem.

Mas se só de pensar em conseguir encaixar sua bagagem de mão em um compartimento lotado ou ficar em um motel sem nome fazem você querer mudar de ideia completamente, é hora de pensar em uma viagem de luxo. (Isso quando checar sua conta bancária inspira mais orgulho do que medo.)

Mas como definir “luxo” exatamente?

PUBLICIDADE

Para Lindsey Epperly, fundadora e presidente da Epperly Travel, de Atlanta, é um refúgio de quatro ou cinco estrelas que atende às suas preferências pessoais.

“O que as pessoas devem procurar é uma grande diferença em termos de serviço”, diz. “O luxo é sobre antecipar necessidades. É andar até o banheiro do hotel, perceber que esqueceu sua pasta de dentes e ver que já está lá.”

Com o intuito de ajudá-lo a maximizar seu dinheiro e elevar um pouco o nível de sua próxima viagem, conversamos com especialistas sobre as melhores maneiras de esbanjar (e economizar) em férias de luxo. Confira algumas dicas:

Defina seu objetivo

Quase todos os consultores de viagens com quem falamos enfatizaram a importância de reservar um tempo antes da viagem para considerar suas metas para as férias.

“Quer voltar relaxado? Talvez uma praia ou um hotel rural seria melhor. Interessado em aventura e experiências que o deixarão exausto? Isso exige montanhas, selva ou uma cidade agitada.

PUBLICIDADE

Não tem ideia de onde quer ir? Todd Bliwise, fundador da agência de viagens An Avenue Apart, diz que o maior presente que você pode dar a um agente de viagens é dizer seu orçamento, tempo de férias e lições desejadas da viagem – e deixar que o agente faça sua mágica.

Pense como um consultor financeiro

David Kolner, vice-presidente sênior da Virtuoso, uma rede de consultores de primeira linha, recomenda avaliar as taxas de câmbio ao planejar sua viagem.

Visitar o Reino Unido neste momento é melhor para quem vem dos Estados Unidos, já que o dólar está valorizado em relação à libra. Da mesma forma, a queda da lira tornou a Turquia uma opção de luxo muito mais barata.

Avalie a sazonalidade

Visitar destinos em baixa temporada é um conselho de viagem comum, mas, para quem quer luxo, o planejamento em alta temporada pode aumentar significativamente o acesso a comodidades de alto nível.

Melissa Biggs Bradley, fundadora da Indagare Travel, recomenda St. Barts em julho, por exemplo, chamando o lugar de segredo oculto e a maneira perfeita de evitar a multidão em busca de sol em dezembro e janeiro, quando é inverno no hemisfério norte.

Nossa própria análise de dados sugere até um pouco antes, maio e junho, para obter o melhor retorno para seu investimento.

Considere um safári

Quase todos os especialistas em viagens disseram que os safáris eram especialmente populares para as primeiras viagens de luxo – e por boas razões.

É difícil fazer um safári com orçamento apertado, explica Jack Ezon, fundador da Embark Beyond, uma empresa de estilo de vida de luxo especializada em viagens sob medida. “Para fazer isso bem, sai muito caro, mas também é muito transformador.”

Invista em um guia privado…

Um grande fator de diferenciação entre uma viagem de luxo e uma viagem normal é a capacidade de fazer coisas de maneira privada e com sua própria agenda – sem entrar em um ônibus de turismo com outras 50 pessoas.

Anna Hawley, consultora da TCS World Travel, contratou um especialista em compras para levar clientes aos mercados em Marrakech e, em Roma, coordenou uma atividade inspirada no Código Da Vinci para as crianças explorarem a cidade.

“O guia privado é obviamente uma despesa adicional, mas é algo que eleva o nível”, diz. “Você realmente se aprofunda e conhece a cultura, e vê algumas áreas fora do comum.”

Invista para aproveitar melhor a vida: abra uma conta gratuita na XP!