Ranking

Depois das Olimpíadas, site dos EUA elege melhores cervejas do Brasil

A opinião desse norte-americano pode não agradar a todos

Por  Paula Zogbi

SÃO PAULO – Sabemos que a cerveja mais vendida no Brasil – e que também foi a marca oficial nos eventos olímpicos – é a Skol. Mas, segundo o The News Observer, que trouxe correspondentes para cobrir os jogos por aqui, ela não é a melhor marca encontrada no país.

Para Luke Decock, a melhor cerveja do país é a preferida do carioca, a Antarctica. Confira a seguir o seu top 5:

1. Antarctica

Tendo só a experiência carioca, o jornalista norte-americano escreve que “quando os brasileiros pedem uma garrafa gigante para sentar em uma mesa na calçada, é isso que eles geralmente ganham”. Ele acrescenta que a cerveja tem um gosto “limpo” e que provavelmente faria sucesso no mercado norte-americano.

2. Brahma

“A clássica cerveja brasileira”, diz o crítico. “Limpa e suave com muito pouco gosto remanescente”, acrescenta, analisando especialmente o chope da marca.

3. Eisenbahn Pale Ale

Aparentemente, a verdadeira favorita do crítico: “ela só está em terceiro lugar nessa lista porque não é tão quintessencialmente brasileira quanto as duas que estão à frente”, escreve, comentando a dificuldade em encontrar rótulos mais artesanais.

4. Stella Artois

Um chopp de Stella, para o autor do ranking, é um “upgrade” frente aos rótulos nacionais. Como a cerveja é vendida em outros lugares do mundo, não mereceu uma posição de destaque.

5. Skol

A patrocinadora dos Jogos é uma “infusão de meias molhadas e carpetes de fraternidade”, de acordo com o norte-americano. Basicamente, ele detestou.

Compartilhe