Brasil x França: veja como assistir ao 2º jogo da seleção feminina

Jogo acontece às 7h e é considerado o mais difícil da primeira fase

Maria Luiza Dourado

Jogadora Marta, em partida pela seleção brasileira (Thais Magalhães/CBF)

Publicidade

O segundo jogo da 1ª fase da Seleção Brasileira Feminina na Copa do Mundo de 2023 acontecerá neste sábado (29), às 07h00 pelo horário de Brasília. O confronto será contra a França e é considerado o mais difícil para as brasileiras nesta etapa.

A partida será transmitida em canal aberto pela TV Globo e no SportTV (canal fechado). No online, o canal do streamer Casimiro Miguel no YouTube, a CazéTV, fará a transmissão e deixará o vídeo da partida salvo para quem quiser assistir depois.

O Brasil integra o grupo F, assim como seus adversários Panamá, França e Jamaica. Na primeira fase da competição, as 32 seleções participantes se dividem em oito grupos e se enfrentam internamente, buscando marcar o maior número de pontos. As duas primeiras classificadas de cada grupo avançam para as oitavas de final, fase eliminatória composta por oito confrontos únicos.

Planilha Gratuita

O seu bolso vai agradecer

Organize a sua vida financeira com a planilha de gastos do InfoMoney; download liberado

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A seleção brasileira lidera o grupo F, com três pontos, após a vitória de 4 x 0 diante do Panamá, na última segunda-feira (24), e busca a vitória contra a França para se classificar para as fases eliminatórias do torneiro em primeiro lugar. A seleção francesa é a segunda colocada, com um ponto.

A Copa do Mundo Feminina começou em 20 de julho, na Nova Zelândia, país que sedia o torneio junto à Austrália, e termina em 20 de agosto. A meninas do Brasil nunca venceram a competição. Esta edição será a última disputada por Marta, a jogadora seis vezes eleita a melhor do mundo pela Fifa.

No Brasil, após solicitação da ministra Ana Moser, titular da pasta do Esporte, o governo decretou ponto facultativo para os servidores da administração federal nos dias de jogos da seleção brasileira.

Continua depois da publicidade

Mas o benefício não foi concedido aos trabalhadores da iniciativa privada. O InfoMoney consultou especialistas para saber como os profissionais CLT poderão acompanhar os jogos sem causar problemas com o chefe.

Maria Luiza Dourado

Repórter de Finanças do InfoMoney. É formada pela Cásper Líbero e possui especialização em Economia pela Fipe - Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas.