Consumo e perdas de energia sobem 8,3% em 2010, revela ONS

De acordo com os dados, o sistema operou com 56.577 MW médios no ano passado; em dezembro, a alta foi de 6,3%

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A carga de energia elétrica no Brasil aumentou 8,3% em 2010, na comparação com o ano anterior, segundo o Boletim de Carga Anual do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) divulgado nesta quarta-feira (5).

A análise leva em consideração tanto o consumo quanto as perdas de energia. Somente em dezembro, o crescimento foi de 6,3%, na comparação com o último mês de 2009. No confronto com novembro, a alta foi de 1%.

De acordo com os dados, em 2010, o sistema operou com 56.577 MW médios. O desempenho no ano foi de impulsionado pela retomada da economia. O aumento da renda e a manutenção do crédito também contribuíram.

Análise regional
A região Sudeste/Centro-Oeste apresentou alta de 8,9% na evolução da carga em 2010 na comparação com 2009, atingindo 35.008 MW médios. Neste subsistema, além dos efeitos do crescimento da economia, o desempenho da carga de energia foi influenciada pelas altas temperaturas.

No que diz respeito à região Sul, a carga no ano passado foi de 9.352 MW médios, com uma variação positiva de 6,5% frente a 2009. O resultado se deve ao aumento no ritmo da produção de segmentos industriais.

A região Nordeste, por sua vez, apresentou aumento no consumo e perdas de energia de 8,5%, na mesma base comparativa. O resultado também foi influenciado pela produção industrial.

Já a região Norte operou com 3.891 MW médios em 2010, 7,1% a mais do que o ano anterior. O comportamento da carga foi influenciado pelo desempenho de grandes consumidores eletrointensivos instalados na região.

Dezembro
Na análise do último mês do ano passado, o destaque de crescimento foi o Sudeste/Centro-Oeste, cuja alta foi de 8%, na comparação com dezembro de 2009. Em seguida, aparecem Norte (+5,1), Sul (+5%) e Nordeste (+1,4%).