Turismo

Consulado em Miami alerta sobre aumento de furtos a brasileiros na Disney

Brasileiros relatam casos de quartos invadidos durante estadia em hotéis de Orlando

arrow_forwardMais sobre

Orlando, FL – O consulado brasileiro em Miami alerta para a quantidade de casos de furtos registrados na Florida, nos Estados Unidos, um dos principais destinos escolhidos pelos turistas brasileiros. O consulado registra com frequência relatos de viajantes brasileiros que tiveram pertences e documentos furtados.

O número de ocorrência tem crescido nos últimos anos. No ano de 2011, foram reportados 126 casos de furtos a brasileiros. Em 2012, 117 casos, e, em 2013, 224 ocorrências – entre elas, algumas que envolviam até todos os membros de uma mesma família, em um total de 410 pessoas furtadas. Neste ano, até o dia 23 de setembro, 223 brasileiros relataram em 119 ocorrências terem sido vítimas de furto na Flórida.

A brasileira Adriana Bacelar foi recentemente uma das vítimas de furtos. Ao retornar ao hotel após passar o dia nos parques de diversão em Orlando, na Florida (EUA), encontrou o quarto aberto, o cofre arrombado e as malas reviradas. A brasileiro estima um prejuízo de cerca de US$ 6 mil com os itens furtados e US$ 8 mil em espécie, pertencentes às quatro pessoas no total que estavam hospedadas no quarto do hotel Quality Inn.

“Roubaram duas malas, nossos passaportes, cartão de crédito, dólares, ingressos da Universal e acabou com o nosso sonho em segundos”, afirma a turista, que afirma que a administração do hotel foi procurada, mas informaram que não tinha responsabilidade sobre os itens roubados”  diz Adriana. A administração do hotel foi procurada pela InfoMoney, mas não foi encontrada para comentar o caso.

A advogada Nathalya Godoy também relata um caso semelhante durante a sua estadia na Disney. Após passar o dia no parque de diversões Epcot Center, ela conta em sua página pessoal no Facebook que ao chegar no hotel Disney’s All-Star Sports Resort, onde estava hospedada, o quarto estava com a porta apenas encostada. “Quando acendemos a luz, nosso maior pesadelo: nossas coisas haviam sido saqueadas. Rasgaram nossas malas, arrombaram cadeados e roubaram óculos, perfume, minha câmera fotográfica com memórias da viagem, bermudas, tênis, fones de ouvido, camisetas. Um prejuízo que contabilizamos em quase US$ 3 mil”, conta.

A turista procurou a gerência do hotel e também a polícia. “Ainda assim o hotel e a própria Disney não fizeram nada. Nos deram míseros US$ 130 e nos colocaram em outro resort. Como se isso fosse suficiente para reparar todo o prejuízo financeiro e moral que sofremos”, completa. O Disney’s All-Star Sports Resort foi procurado, mas não retornou a ligação até o fechamento desta reportagem.

O Consulado-Geral relata que os lugares em que furtos ocorrem com maior frequência são aqueles de grande concentração de pessoas, como parques temáticos e atrações turísticas, hotéis e grandes centros de compra. Apesar de chamar a atenção para os relatos, o consulado afirma que o número de furtos é pequeno frente ao volume absoluto de visitantes brasileiros na Flórida. Em 2011, foram 1,5 milhão de turistas brasileiros em 2012 1,6 milhão e 1,7 milhão em 2013; segundo dados da “Visit Florida”.

Evite surpresas:
1. Estacione seu veículo em local seguro;
2. Jamais deixe pertences no veículo (como passaportes, sacolas de compras, produtos eletrônicos);
3. Na praia, não deixe seus pertences desacompanhados;
4. Não entregue seus pertences a estranhos (ex: ao experimentar roupas em lojas de vestuário, não permita que o vendedor guarde seus pertences);
5. Fique ainda mais atento em locais movimentados e frequentados por turistas, como centros de compras, hotéis, parques temáticos e estacionamentos (pagos ou não);
6. Tome os mesmos cuidados que você tomaria em qualquer outro grande centro urbano.

Outras recomendações do Consulado-Geral é que o turista mantenha cópias de documentos em meio eletrônico ou com parentes no Brasil, como passaporte e carteira de identidade. As cópias poderão eventualmente dinamizar o processo de obtenção de documento de viagem em caso de furtos. Em caso de furto, entre em contato com a polícia local a fim de registrar queixa (“file a report”).

PUBLICIDADE

Em caso de problemas, entre em contato também com o Consulado-Geral em Miami a fim de comunicar o ocorrido, em especial em caso de perda de documentos. Assim que regressar ao Brasil, comunique o fato também às autoridades policiais brasileiras e aos órgãos emissores dos documentos furtados.