Conjunto de tênis de Michael Jordan é vendido por recorde de US$ 8 milhões

Tênis leiloados tornaram-se o 2º maior preço alcançado por um item esportivo do atleta

Reuters

Michael Jordan em 24/01/2020 (Foto: Benoit Tessier/Reuters)

Publicidade

Um conjunto de seis tênis Air Jordan, usados por Michael Jordan durante as finais de 1998 da NBA, foi vendido por US$ 8 milhões (quase R$ 40 milhões na cotação atual) em um leilão em Nova York. O valor é um novo recorde mundial de leilões para tênis usados em jogos, segundo a casa de leilões Sotheby’s;

“Momento verdadeiramente inigualável e um marco na história dos leilões, a venda desses seis tênis que marcaram os campeonatos provavelmente nunca mais será reproduzida”, afirmou Brahm Wachter, diretor de colecionáveis modernos da casa de leilões na sexta-feira (2).

Um dos maiores jogadores de basquete de todos os tempos, Jordan tem seis títulos da NBA em seu currículo. Os tênis leiloados, usados em partidas decisivas, tornaram-se o segundo maior preço alcançado por um item esportivo do atleta.

Planilha Gratuita

O seu bolso vai agradecer

Organize a sua vida financeira com a planilha de gastos do InfoMoney; download liberado

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O recorde mundial de qualquer memorabilia esportiva usada em jogos também pertence a Jordan. Sua camisa do jogo de abertura das finais da NBA de 1998 foi arrematada por US$ 10,1 milhões (mais de R$ 50 milhões) em setembro de 2022.

A famosa temporada ficou conhecida como “Last Dance” (“A última dança”) por ter sido o ano em que o atleta de basquete conquistou seu sexto título.

Em dezembro do mesmo ano, seis camisas usadas por Lionel Messi durante a campanha vitoriosa da Argentina na Copa do Mundo de 2022 foram vendidas por US$ 7,8 milhões (quase R$ 39 milhões).

Continua depois da publicidade

Aos 35 anos, o craque argentino conduziu sua seleção ao título que o país não conquistava desde 1986.

Tópicos relacionados