Compartilhamento de senha da Netflix: Procon-SP pede mais informações à empresa por cobrança extra

Clientes brasileiros pagarão taxa entra de R$ 12,90 se compartilhar a senha da sua conta com alguém de outra residência

Equipe InfoMoney

Publicidade

O Procon-SP decidiu notificar novamente a Netflix (NFLX34) e pedir informações complementares sobre a nova cobrança de R$ 12,90 por mês pelo compartilhamento de senhas. O novo prazo acaba na quarta-feira (7).

O órgão de defesa do consumidor já havia recebido informações preliminares e se reuniu com representantes da plataforma de streaming na quinta-feira (1º), mas quer mais informações sobre a mudança.

Diretor de atendimento e orientação ao consumidor do Procon-SP, Rodrigo Tritapepe afirmou em nota que as explicações necessitam de maior detalhamento. “Diante das novas respostas serão avaliadas as providências que devem ser adotadas pelo órgão e possíveis indicações de providências”.

Masterclass Gratuita

Rota Liberdade Financeira

Aprenda a investir e construa um patrimônio do zero com o treinamento exclusivo do InfoMoney

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A Netflix anunciou na semana passada que os usuários brasileiros vão começar a receber e-mails alertando sobre a mudança na política de cobranças da empresa: quem compartilhar a senha de sua conta com alguém de outra residência terá de pagar a taxa extra de R$ 12,90.

Os titulares de contas podem adicionar mais usuários que não moram na mesma residência, pagando essa nova taxa, ou podem também usar o recurso “transferir perfil”, para vincular perfis extras à conta. No segundo caso, uma nova assinatura passará a ser paga à parte.

Para inibir o compartilhamento de senhas, a empresa vai verificar quais são os aparelhos conectados às contas de seus clientes e vai encerrar as sessões daqueles “que não deveriam ter acesso”.

Continua depois da publicidade

O compartilhamento de senhas é um problema para o negócio da Netflix. A empresa estima que 43% de sua base global de usuários passem suas senhas para não assinantes, o que afeta a receita da empresa (e a capacidade da companhia de investir em novos conteúdos).

Veja abaixo vídeo do InfoMoney sobre a cobrança extra da Netflix:

View this post on Instagram

A post shared by InfoMoney (@infomoney)