Pechincha

Companhia aérea erra e vende passagens de US$ 16 mil por US$ 675

Passagens eram para trecho entre o Vietnã e Canadá ou Estados Unidos 

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Na última quarta-feira (2), a companhia aérea Cathay Pacific vendeu, por engano, passagens para a primeira classe de um voo entre o Vietnã e Canadá ou Estados Unidos pelo preço da classe econômica.

O preço correto dos bilhetes é de US$ 16 mil, mas consumidores conseguiram compra-los por US$ 675. A empresa reconheceu o erro em seu perfil do Twitter e garantiu aos passageiros que aproveitaram o erro que embarcarão normalmente no voo.

“Feliz 2019 a todos, e para aqueles que compraram a nossa boa – e MUITO boa surpresa especial no Ano Novo, sim, nós cometemos um erro, mas esperamos ansiosos para recebe-los a bordo com seu bilhete emitido”, escreveu. “Esperamos que isso torne o seu 2019 especial também”. A Cathay não informou, entretanto, quantos bilhetes foram vendidos pelo preço errado.

Essa não é a primeira vez que a aérea comete um erro e vira notícia: em setembro do ano passado, a pintura de sua marca em um de seus aviões foi feita de forma errada, sem a letra F na palavra “Pacific”. A aeronave, portanto, vinha com o nome Cathay Paciic.

Caso semelhante
Em julho de 2017, a companhia Air Europa vendeu passagens aéreas entre São Paulo e Paris, na França, por R$ 1,1 mil, também “por engano”. Ela chegou a anunciar que as passagens seriam canceladas, mas depois voltou atrás e disse que honraria todos os bilhetes emitidos.

“Importante esclarecer que o valor errado ficou disponível por mais de uma hora, no dia 19 de julho de 2017, e tão logo identificado o evidente e grosseiro equívoco na imputação de dados no sistema de tarifas, o mesmo foi prontamente corrigido”, também justificou.