Epidemia

Com coronavírus, Latam suspende voos entre São Paulo e Milão

Por enquanto, a medida é temporária. Passageiros afetados poderão remarcar voos ou cancelar passagens sem custo adicional

(Wikimedia Commons)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Visando conter a propagação do novo surto da Covid-19, popularmente chamada de novo coronavírus, a Latam, uma das maiores companhias aéreas brasileiras, afirmou que vai suspender temporariamente os voos entre São Paulo e Milão.

Além de uma tentativa de conter o avanço da doença, a decisão foi tomada devido à baixa demanda de voos para a Itália.

A Itália é o país fora da Ásia com o maior números de casos confirmados da doença até agora. O último balanço afirma que mais de 1.700 pessoas estejam contaminadas no país.

Aprenda a investir na bolsa

A princípio, a medida suspenderá os voos partir dessa segunda-feira (2) até o dia 16 de abril. A suspensão do voo Guarulhos (BRA)-Milão (ITA) será imediata, enquanto a rota oposta será suspensa a partir da terça-feira (3).

A medida é temporária, já que a companhia espera que “a situação se normalize o mais brevemente possível pelo bem-estar e saúde de todos os seus passageiros e tripulantes”. Porém, questionada pelo InfoMoney se é possível que a suspensão se prorrogue caso a propagação da doença não se estabilize, a Latam comentou que esse caso ainda está sobre análise.

A companhia também informou que a função de monitorar o estado de saúde dos passageiros que viajaram pela rota e entraram no Brasil é função da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Ministério da Saúde e que a Latam trabalha para auxiliar esses órgãos com qualquer demanda.

“Estamos observando o cenário desta contingência de saúde pública mundial e a decisão da companhia é baseada, em primeiro lugar, na propagação do vírus na Itália, assim como na queda atual na demanda da rota”, explica Jerome Cadier, CEO da Latam.

O executivo enfatiza ainda que a Latam se compromete com os clientes afetados por esta restrição e que a empresa irá auxiliar qualquer passageiro que se sentir lesado com a suspensão.

A Latam informou que os passageiros afetados pela decisão poderão remarcar o voo sem qualquer custo adicional. A companhia também permite que os clientes recebam reembolso completo da passagem, caso desistam da viagem. Ainda é possível remarcar a origem ou destino sem pagar nenhuma multa, apenas sujeito a diferença tarifária das passagens em questão.

PUBLICIDADE

Com relação aos passageiros que estão em Milão com passagem de retorno ao Brasil e desejam retornar ao país, a companhia se compromete a garantir o regresso por meio de voos da Latam ou de companhias aéreas parceiras que operam esta rota.

Invista seu dinheiro com quem conhece do assunto. Abra sua conta na XP – é grátis