Lançamento "quente"

Chevrolet anuncia recall de todas as unidades do Onix Plus 2020 por risco de incêndio

A General Motors, por meio de um comunicado, suspende todas as futuras entregas do Onix Plus 2020 até que o problema seja solucionado

Modelo azul escuro do Onix Plus Premier 2020 em frente ao pôr do sol
(Divulgação/Chevrolet)

SÃO PAULO – A Chevrolet, fabricante de veículos pertencente à General Motors, convocou na última quarta-feira (6) o recall de todas as unidades do sedã Onix Plus 2020 por conta de riscos de incêndio.

Todas as unidades que estão em circulação devem ser entregues nas concessionárias da marca para reparar o problema que está incinerando os carros.

Conforme um comunicado enviado às concessionarias vinculadas a companhia, a General Motors confirma o pedido de recall e suspende todas as futuras entregas do Onix Plus até que o problema seja solucionado.

PUBLICIDADE

A nota afirma que, em condições especificas de pressão, temperatura e umidade do ar o “o software de gerenciamento do motor pode, eventualmente, apresentar uma falha, com risco de danos ao motor e potencial incêndio.”

Ainda de acordo com o comunicado, após o software falhar, a luz do motor, localizada no painel do veiculo, se acende.

A solução

A Chevrolet não informou a quantidade exata de unidades a serem retornadas, mas mais de 7 mil unidades do modelo já foram vendidas desde o lançamento em setembro, segundo a Fenabrave.

No comunicado, a companhia afirmou que oferecerá um carro reserva alugado “até que o procedimento de atualização do software seja efetuado” a todos os clientes que adquiriram o modelo.

Quer comprar o carro dos sonhos? Invista. Abra sua conta na XP Investimentos – é grátis

Confira abaixo a nota a integral da General Motors sobre o caso:

PUBLICIDADE

A General Motors tem como prioridade a segurança dos seus clientes. Por isso, informa que está prontamente convocando os proprietários do Onix Plus modelo 2020 entregues até então para atualização do software de gerenciamento do motor.

Em condições muito especificas e combinadas de pressão atmosférica, temperatura ambiente, umidade relativa do ar e composição do combustível o software de gerenciamento do motor pode, eventualmente, apresentar falha, com risco de danos ao motor e potencial incêndio, como no caso ocorrido na região Nordeste. Esta condição é precedida de um alerta visual no painel de instrumentos – a luz indicadora de funcionamento incorreto, referente ao motor, acende.

Os proprietários dos modelos envolvidos serão chamados a comparecer a uma concessionária Chevrolet para realizar de forma gratuita o serviço.

Destacamos que o incidente anterior, ocorrido no pátio da fábrica de Gravataí em setembro, foi um caso isolado provocado por um fator que não tinha relação com o projeto do veículo

Falha também afeta componentes mecânicos

A revista Quatro Rodas conseguiu com exclusividade o esclarecimento da GM ao Ministério da justiça e Segurança Pública sobre os fatores que causaram a incineração dos modelos.

De acordo com a publicação, a falha que resultou nos incêndios é causada pela quebra de componentes do motor como pistão, biela e até o bloco, que geram um vazamento de óleo nas partes quentes. Esse contato do liquido com as partes quentes do motor é a causa a reação incendiária.

“As informações recebidas pela General Motors do Brasil (GMB) até a presente data, indicam que o defeito na calibração do software dos veículos pode fazer com que ocorra uma condição de pré-ignição em determinadas situações”, diz o documento enviado ao governo.