Voo da Delta só com malas e sem passageiros estampa caos aéreo na Europa

Companhia adotou medida para devolver bagagem extraviada aos donos atingidos por colapso nas operações

Equipe InfoMoney

Publicidade

Em meio ao caos aéreo na Europa, um avião da Delta Air Lines voou do aeroporto de Heathrow, em Londres, para Detroit, nos Estados Unidos, sem nenhum passageiro e cheio de bagagens de clientes que haviam sido extraviadas.

O voo ocorreu na segunda-feira da semana passada (11), com um Airbus A330-200, e foi confirmado pelo CEO da companhia aérea americana, Ed Bastian, durante teleconferência sobre o resultado trimestral da empresa.

A Delta usou um avião que iria de Londres para Detroit, mas cujo voo foi cancelado de última hora devido aos limites impostos pelo aeroporto de Heathrow, e disse que a solução “criativa” foi utilizada para o A330 não voltar vazio do Reino Unido (e ao mesmo tempo evitar a necessidade de fretar uma aeronave apenas para a “missão”).

Conteúdo XP

Peça o melhor cartão de crédito do Brasil e tenha acesso à Salas vip e Investback nas compras

“Tínhamos um fretamento separado apenas para repatriar de volta as malas de clientes que ficaram retidas devido a alguns dos problemas operacionais que os aeroportos europeus estavam enfrentando”, afirmou Bastian, na quarta-feira (13). “Fizemos isso por conta própria apenas para devolver aos nossos clientes da Delta as suas malas o mais rápido possível.”

As cerca de mil malas que viajaram “sozinhas” foram acomodadas no porão de carga do avião, não na cabine de passageiros — que permaneceu vazia —, segundo a Delta. A empresa disse também que os clientes do voo cancelado foram reacomodados em outros voos.

Caos aéreo

Passageiros com voos para a Europa têm enfrentado problemas devido a uma crise ligada à falta de funcionários nas companhias aéreas da região. Sem a quantidade suficiente de mão de obra para cumprir as operações, sobretudo, durante as férias escolares quando a demanda aumenta, casos de extravio de bagagens, cancelamentos de voos e remarcações têm sido uma constante neste julho de 2022 (pleno verão no Velho Continente).