Mudança aprovada

Bolsonaro aprova redução de biodiesel obrigatório na mistura final de diesel

De acordo com o texto, a mudança aprovada visa “evitar o incremento excessivo no preço final do diesel ao consumidor final”

Por  Estadão Conteúdo -

O presidente Jair Bolsonaro aprovou na segunda-feira, 12, a resolução do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), que reduz o teor de mistura obrigatória do biodiesel no óleo diesel fóssil no 81º Leilão de Biodiesel.

O porcentual de biodiesel passou de 13% para 12%.

Segundo informou o Ministério de Minas e Energia, em nota, “nos leilões anteriores (79º e 80º), o porcentual havia sido reduzido ao patamar de 10% em decorrência dos efeitos da valorização do custo do óleo de soja nos mercados brasileiro e internacional, combinados com a desvalorização cambial da moeda brasileira frente ao dólar”.

De acordo com o texto, a mudança aprovada visa “evitar o incremento excessivo no preço final do diesel ao consumidor final”.

Quer trabalhar como assessor de investimentos? Entre no setor que paga as melhores remunerações de 2021. Inscreva-se no curso gratuito “Carreira no Mercado Financeiro”.

Compartilhe