Futuro

Audi testa tecnologia de carro autônomo a 300 km/h

Fabricantes de veículos como Mercedes-Benz e Tesla Motors Inc. estão desenvolvendo sistemas para aliviar a tensão da condução permitindo que os carros estacionem sozinhos e até mesmo assumam o volante quando o trânsito está lento

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

15 de outubro (Bloomberg) — Dois sedãs de desempenho Audi RS7 correram em uma pista no norte da Alemanha. O carro sem motorista venceu a disputa por cinco segundos.

 

Em uma tentativa de levar a tecnologia de direção autônoma para as ruas a Audi, da Volkswagen AG, está testando veículos sem motorista a velocidades de até 305 quilômetros por hora. Nesses experimentos o carro decide por conta própria a melhor forma de fazer as curvas em sua corrida contra motoristas humanos.

Aprenda a investir na bolsa

 

O mapa que o carro utiliza “contém apenas os limites da pista à esquerda e à direita”, disse Peter Bergmiller, técnico da Audi, ontem durante um teste em uma pista em Oschersleben (cerca de 190 quilômetros a oeste de Berlim) com um veículo chamado Bobby. “O carro começa a pensar nisso e gera sua linha ideal”.

 

Fabricantes de veículos como Mercedes-Benz e Tesla Motors Inc. estão desenvolvendo sistemas para aliviar a tensão da condução permitindo que os carros estacionem sozinhos e até mesmo assumam o volante quando o trânsito está lento. Ao mostrar que os computadores são capazes de empurrar os carros até seus limites nas pistas de corrida, a Audi busca convencer os órgãos reguladores de que a tecnologia pode ser segura no mundo real.

 

Se as autoridades abrirem a porta para os recursos de direção autônoma, “os primeiros sistemas de direção autônoma poderão chegar ao mercado em alguns anos”, disse o diretor de desenvolvimento da Audi, Ulrich Hackenberg, em uma apresentação da tecnologia de direção autônoma da marca.

PUBLICIDADE

 

Há muita coisa em jogo no que diz respeito a colocar os carros equipados com esses recursos nas ruas. A previsão é que a tecnologia de veículos autônomos se torne um mercado de US$ 87 bilhões até 2030, segundo a Lux Research, com sede em Boston.

 

Stop&Go Pilot

 

A Mercedes, da Daimler AG, testou um sedã autônomo Classe S em uma saída de 100 quilômetros por vias públicas da Alemanha, no ano passado. A marca, que passou a Audi em vendas no mês passado e tomou o posto número 2 em vendas de carros de luxo, já está lançando um Stop&Go Pilot opcional em modelos como o sedã Classe C. O recurso possibilita que o carro conduza a si mesmo igualando a velocidade do veículo da frente, inclusive parando completamente.

 

No mês passado, tanto a Mercedes quanto a Audi conseguiram aprovação para testar veículos autônomos nas ruas da Califórnia para adaptar os carros desenvolvidos na Alemanha a situações específicas dos EUA, como rodovias de oito pistas e semáforos instalados do outro lado dos cruzamentos.

PUBLICIDADE

 

“A direção autônoma é um dos mais importantes campos de desenvolvimento da Audi”, disse Hackenberg, antes de exibir um RS7 autônomo, neste fim de semana, na pista de corrida Hockenheimring, na Alemanha. “Isso é fundamental no caminho rumo a um trânsito livre de acidentes”.