As melhores cidades do mundo para se viver em 2017

Cidades do Canadá e da Austrália são maioria no ranking

Mariana Zonta d'Ávila

Publicidade

SÃO PAULO –  A melhor cidade do mundo para se viver é Melbourne, na Austrália, segundo o Global Liveability Ranking divulgado pela revista americana The Economist. No levantamento, a cidade marcou 97,5 de 100, alcançando a nota máxima em três categorias: educação, infraestrutura e sistema de saúde. 

Organizado anualmente, o relatório reúne cidades ao redor do mundo avaliadas por meio de 30 critérios, que se fundem em cinco categorias: estabilidade, sistema de saúde, cultura e meio ambiente, educação e infraestrutura. 

Na edição deste ano foram analisadas 140 cidades, com notas variando de 1 a 100, em que um é considerado intolerável para se viver e 100 é considerada a ideal. Problemas de violência, como terrorismo, por exemplo, fizeram de cidades como Damasco, na Síria, e Tripoli, na Líbia, duas das dez piores cidades para se viver em 2017.

Planilha Gratuita

O seu bolso vai agradecer

Organize a sua vida financeira com a planilha de gastos do InfoMoney; download liberado

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Confira, abaixo, as 10 melhores cidades do mundo para se viver:

Cidade País Nota (1-100)
1. Melbourne Austrália 97,5
2. Viena Áustria 97,4
3. Vancouver Canadá 97,3
4. Toronto Canadá 97,2
5. Calgary Canadá 96,6
6. Adelaide Austrália 96,6
7. Perth Austrália 95,9
8. Auckland Nova Zelândia 95,7
9. Helsinki Finlândia 95,6
10. Hamburgo Alemanha 90