No Brasil

As categorias de carros que mais e menos desvalorizam no Brasil

SUVs de luxo lideram ranking que mais desvalorizam e hatchbacks são os que menos perdem valor   

SÃO PAULO – Em qualquer compra de carro, é importante lembrar dos custos básicos, como combustível, IPVA, seguro, manutenção.  

A empresa de avaliação automotiva Kelley Blue Book (KBB) elaborou um estudo, a pedido do InfoMoney, que mostra quais categorias de carros no Brasil mais desvalorizam em um ano de uso. 

Para indicar comportamento por segmento foi levada em consideração a média de vendas de todos os carros de cada categoria no país em 2018 – e não um modelo específico.  

PUBLICIDADE

Além disso, é importante ressaltar que as definições de segmentos na base de dados da KBB não necessariamente seguem a mesma lógica com que o mercado está acostumado para categorizar os automóveis e comerciais leves – da Federação Nacional Distribuição Veículos Automotores (Fenabrave), por exemplo.

Considerando uma média geral, a desvalorização das categorias no Brasil foi de -7,8% ao ano em 2018. A média considera todas as versões dos modelos contidos em cada segmento.

Comprar um carro não faz sentido? Invista esse dinheiro e realize outros sonhos. Abra uma conta na XP – é de graça. 

Além disso, o estudo mostra que, em geral, quanto mais compacto e mais barato o modelo, menor é sua taxa de desvalorização.

Por exemplo, veículos classificados como discount hatchback (menor taxa de desvalorização, -6,8%) – como o Renault Kwid ou Fiat Mobi – apresentam índices de desvalorização menores do que aqueles que estão classificados como Luxury SUV/ Crossover (maior taxa de desvalorização -10,8%).  

No entanto, este comportamento não é percebido no segmento de Mid-range Pickup, que traz uma taxa média de desvalorização de -6,9%.

PUBLICIDADE

Estas picapes apresentam uma desvalorização praticamente igual aos modelos discount hatchback. “Talvez, pelo fato de serem veículos que possuem um público-alvo bastante específico e que realmente foram concebidos para terem um uso completamente diferente das demais categorias”, afirma o estudo. 

Confira as categorias que mais desvalorizam: 

SegmentoExemploDesvalorização mínimaMédiaDesvalorização máxima
1. Luxury SUV/CrossoverXC90-2,1%-10,8%-19,8%
2. Luxury SedanSerie 7-2,5%-9,6%-25,0%
3. Luxury OutrosF-TYPE-2,2%-9,5%-22,2%
4. Premium SUV/CrossoverEvoque-2,8%-9,5%-20,1%
5. Premium SedanClasse C-2,0%-9,2%-24,7%
6. High Performance911-2,5%-9,1%-24,6%
7. Premium OutrosA3-2,1%-8,6%-24,7%
8. Mid-Range Medio/Grande SUV/Crossover/VanCompass-2,1%-8,0%-23,6%
Média geral (considerando todos os modelos) -2,0%-7,8% -11,5%
9. Mid-Range Medio/Grande SedanCorolla-2,1%-7,5%-23,0%
10. Mid-Range Compacto HatchbackYaris-2,2%-7,4%-17,3%
11. Mid-Range Medio HatchbackGolf-2,3%-7,4%-23,0%
12. Mid-Range Compacto SUV/Crossover/VanCreta-2,1%-7,3%-16,5%
13. Mid-Range Compacto Sedan/WagonVirtus-2,4%-7,3%-24,6%
14.. Discount Pickup/SUV/VanStrada-2,2%-7,2%-19,8%
15. Discount Sedan/WagonVoyage-2,1%-7,1%-19,8%
16. Mid-Range PickupRanger-2,2%-6,9%-18,9%
17. Discount HatchbackKwid-2,1% -6,8%-19,8%