Novidade

Apple lança iPhone SE, mais barato, em mercado abalado pelo coronavírus; veja preços no Brasil

São três possibilidades de armazenamento: 64GB (R$ 3.699), 128GB (R$ 3.999) e 256GB (US$ 4.499)

arrow_forwardMais sobre
iPhone SE 2020
(Divulgação/Apple)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A Apple revelou nesta quarta-feira (15) um novo iPhone SE, modelo de smartphone mais barato, a partir de US$ 399 nos EUA e R$ 3.699 no Brasil, para competir em um mercado abalado pela pandemia do novo coronavírus. É o primeiro lançamento em muitos anos lançado sem um evento presencial para jornalistas e profissionais de tecnologia, devido ao isolamento social.

No mercado americano, a pré-venda do modelo começa em 17 de abril, com venda física no dia 24. O site brasileiro já permite visualizar as condições de venda por aqui: são três cores (preto, branco e vermelho) e três possibilidades de armazenamento: 64GB (R$ 3.699), 128GB (R$ 3.999) e 256GB (R$ 4.499). Não há, entretanto, como efetivar a compra ainda.

Com muitos dos componentes internos semelhantes aos iPhones 11 e 11 Pro, de 2019 – incluindo o poderoso chip A13 Bionic -, o que diferencia o novo modelo é, principalmente, o design, que remete exatamente ao iPhone 8, de 2017, incluindo uma tela de 4,7 polegadas.

Aprenda a investir na bolsa

O reuso dessas peças é o que possibilita um valor tão menor para um aparelho da mesma qualidade dos modelos mais recentes – nos EUA, o iPhone 11 custa a partir de US$ 699 e o iPhone 11 Pro parte de US$ 999. Foi a mesma estratégia utilizada pela companhia para o SE original, que reciclou o design do iPhone 5.

A chegada do modelo mais barata vem em um momento-chave para a Apple, cuja produção de 2020 atrasou devido a paralisações nas fábricas chinesas. Em fevereiro, a companhia emitiu um alerta a acionistas sobre um baque no guidance para o segundo trimestre com base nos problemas criados pelo novo coronavírus.

Ao mesmo tempo, os níveis altos de desemprego e perda de receita do mercado consumidor em geral cria um ambiente favorável a um aparelho mais barato de boa qualidade. O analista Daniel Ives, da consultoria Wedbush, estimou vendas entre 20 milhões e 25 milhões de unidades para o lançamento neste ano, mesmo com as lojas fechadas impossibilitando que potenciais compradores façam testes pessoalmente.

Mais detalhes

O processador usado nos iPhones 11 permite que o iPhone SE da segunda geração tenha câmera melhor que seu antecessor, incluindo tecnologia HDR, que permite fotos de melhor qualidade em ambientes escuros, e o modo retrato. É possível gravar em 4K com 60 frames por segundo e áudio stereo para vídeos.

Também facilita, claro, o funcionamento de aplicativos mais pesados e games mais sofisticados e um carregamento mais veloz.

Assim como o iPhone 8, o aparelho tem carregamento sem fio, botão físico com Touch ID (em vez de reconhecimento facial) e resistência a água e poeira com certificado IP67. Não há entrada específica para fones de ouvido.

Newsletter InfoMoney
Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

PUBLICIDADE