Em expansão

Amazon anuncia novo centro de distribuição no Nordeste e promete entrega rápida na região

CD irá operar em sua capacidade plena no primeiro trimestre de 2020

SÃO PAULO – No país desde 2012, a varejista Amazon acaba de dar mais um passo no processo de expansão das suas atividades locais. A companhia anunciou nesta quinta-feira (12), a criação de um novo Centro de de Distribuição, localizado na região Nordeste.

O CD da cidade de Cabo de Santo Agostinho se une ao de Cajamar, na região metropolitana de São Paulo, para aumentar as opções de frete grátis e diminuir o tempo de entrega para consumidores do Norte e Nordeste.

“Além de oferecermos entrega mais rápida para o Nordeste, clientes do Amazon Prime, programa de benefícios que lançamos em setembro, poderão usufruir dessa rapidez no envio com frete grátis em qualquer pedido”, afirma Alex Szapiro, presidente da Amazon no país.

PUBLICIDADE

Segundo a varejista, o novo centro, previsto para operar em sua capacidade plena no primeiro trimestre do próximo ano, possibilitará a entrega em até 2 dias para cinco capitais do Nordeste (Recife, João Pessoa, Natal, Maceió e Fortaleza). Até então, o atendimento fora da região Sudeste era o maior problema da varejista americana na comparação com players que possuem lojas por todo o país, como Magazine Luiza.

Para Tiago “doc” Luz, CEO da TOTVS Virtua, o novo CD é uma resposta da varejista, que pesquisou bastante o país e todos os seus problemas estruturais, para as concorrentes de dominar o mercado.

“Quando a Amazon coloca um centro de distribuição no Nordeste, ela atinge uma demanda de consumidores da região que compravam pelos e-commerces, mas só viam opção de frete grátis para o Sudeste. Fazendo isso, ela domina o mercado otimizando as entregando e dando melhores condições ao consumidor final, além de se tornar pioneira na região, porque nenhum player havia feito isso antes”, explica Luz.

O consultor ainda pontua que as operações da Amazon permitem uma estratégia arriscada como essa, pois a empresa, historicamente, ampliou os seus investimentos mesmo fechando as contas no negativo – condição que outros players locais, como Magazine Luiza, B2W e Via Varejo não sustentam.

Foco no Brasil

2019 foi um ano marcado por investimentos pesados da varejista no país. Em janeiro, a criação do CD em Cajamar foi acompanhada pelo início das operações de vendas diretas no e-commerce, que elevou o número de categorias de produtos ofertados.

Meses depois, a gigante americana lançou um dos seus principais produtos no mercado brasileiro: o Amazon Prime. O serviço inclui no pacote frete grátis para todas as categorias de produtos vendidos e entregues pela Amazon e as assinaturas de streaming do Prime Video, Prime Music, Prime Reading e Twitch Prime.

PUBLICIDADE

Complementando a estratégia de crescimento passaram a ser vendidos também as caixas de som inteligente da linha Echo (Echo Dot, Echo Show 4 e Amazon Echo), integrados com a versão em português da Alexa. O item, conforme divulgado pela empresa, foi o produto mais comprado no 1P (vendido e entregue pela Amazon) durante a Black Friday.

Invista seu dinheiro para aproveitar melhor a vida. Abra uma conta na XP – é de graça.