Avanço

ACSP: vendas à vista puxam crescimento de 3,4% do comércio paulistano em janeiro

Segundo o balanço, as vendas à vista, associadas a produtos de menor preço, tiveram alta de 6,1%

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – As vendas do comércio na cidade de São Paulo cresceram 3,4% em janeiro de 2020, em comparação com o mesmo mês do ano anterior, segundo dados da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), com base em amostra da Boa Vista SCPC, que leva em conta vendas à vista e a prazo.

Segundo o balanço, as vendas à vista, associadas a produtos de menor preço, tiveram alta de 6,1%, enquanto as vendas a prazo tiveram crescimento abaixo de 1 ponto porcentual, em 0,7%.

Na comparação com dezembro de 2019, a média das vendas recuou 38%, resultado considerado normal, segundo o economista da ACSP, Emilio Alfieri, uma vez que no fim do ano o comércio costuma estar mais aquecido que no início de ano. No acumulado dos últimos 12 meses até janeiro, o levantamento da ACSP indicou alta de 2,7%.

Aprenda a investir na bolsa

Para o economista, apenas um “fator macroeconômico” pode fazer com que o varejo paulistano cresça além do ritmo modesto apresentado. “A reforma fiscal, por exemplo, contribuiria para baixar mais os juros, o que ajudaria as vendas”, disse Alfieri.

Invista melhor o seu dinheiro e proteja seu nome. Abra uma conta gratuita na XP.