6º dia da Copa: é mais fácil o Catar ganhar do Senegal do que os EUA da Inglaterra

Inglaterra foi um dos grandes destaques da 1ª rodada e 'atropelou' o Irã por 6 a 2; já o Catar perdeu 'bem perdido' do Equador

Lucas Sampaio

Publicidade

A segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo começa nesta sexta-feira (25) com mais 4 jogos, dos grupos A e B: País de Gales x Irã às 7h, Catar x Senegal às 10h, Holanda x Equador às 13h e Inglaterra x Estados Unidos às 16h.

É mais fácil (embora ainda improvável) que os donos da casa ganhem dos senegaleses do que os americanos superarem os ingleses, segundo dados de 3 casas de apostas esportivas online compilados pelo InfoMoney (bet365, sportingbet e betfair).

Jogos do 6º dia da Copa:

Masterclass Gratuita

Rota Liberdade Financeira

Aprenda a investir e construa um patrimônio do zero com o treinamento exclusivo do InfoMoney

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Isso porque, na primeira rodada, a Inglaterra foi o grande destaque por ter “atropelado” o Irã por 6 a 2 (a segunda maior goleada do torneio até o momento, atrás apenas dos 7 a 0 da Espanha sobre a Costa Rica).

No grupo A, o Catar perdeu “bem perdido” o jogo de estreia da Copa, para o Equador, enquanto a Holanda conseguiu uma vitória sobre Senegal com 2 gols no fim. No outro jogo do grupo B, País de Gales e EUA empataram em 1 a 1.

País de Gales x Irã

País de Gales e Irã devem fazer o jogo mais equilibrado desta sexta, de acordo com as odds dos sites de aposta. Vitória dos galeses paga odds entre 2,10 e 2,20; o empate paga entre 3,00 e 3,20 e vitória dos iranianos, entre 3,50 e 3,75.

Continua depois da publicidade

(Tecla SAP: uma odd é a cotação do valor que um apostador ganha se acertar o seu palpite. Implicitamente, ela aponta a probabilidade de um determinado resultado acontecer.)

Isso significa que o País de Gales é favorito, mas não muito, apesar de o time ter empatado na primeira rodada e os iranianos terem apanhado dos ingleses.

Gales x Irã Odds
Resultado bet365 sportingbet betfair
Vitória de Gales 2,15 2,20 2,10
Empate 3,10 3,20 3,00
Vitória do Irã 3,75 3,50 3,75

Catar x Senegal

É bastante improvável que o Catar se redima da derrota na estreia, pois uma vitória da seleção anfitriã paga odds de até 6,00 (ou seja: uma pessoa ganha 5 vezes o valor apostado se acreditar no resultado — e ele acontecer, claro).

Já o Senegal é franco favorito a vencer o jogo, apesar da derrota na estreia para a Holanda na primeira rodada, e o resultado paga odds de apenas 1,63 ou menos. Já o empate paga odds entre 3,50 e 3,75 nas 3 casas de apostas consultadas pelo InfoMoney.

Catar x Senegal Odds
Resultado bet365 sportingbet betfair
Vitória do Catar 6,00 5,75 6,00
Empate 3,75 3,70 3,50
Vitória de Senegal 1,61 1,63 1,60

Holanda x Equador

A Holanda é favorita contra o Equador, apesar de ambas as seleções terem vencido os seus jogos de estreia pelo mesmo placar (2 a 0). Os equatorianos venceram a sua partida com muito mais facilidade, mas isso ocorreu porque o Catar é muito mais frágil que o Senegal.

Holanda x Equador Odds
Resultado bet365 sportingbet betfair
Vitória da Holanda 1,72 1,75 1,75
Empate 3,60 3,70 3,50
Vitória do Equador 5,25 4,60 5,00

Inglaterra x EUA

O último jogo do dia, das 16h, vai ser o duelo da língua inglesa. E o país colonizador deve se dar melhor que o país colonizado, pois uma vitória da Inglaterra paga odds inferiores a 1,50 (ou seja: o apostador leva menos de R$ 50 de lucro a cada R$ 100 aplicado se acertar a vitória inglesa).

A vitória dos EUA paga odds que variam entre 6,25 e 7,00, o que significa que os apostadores acreditam que este resultado é mais improvável do que uma vitória do Catar, uma das piores seleções do torneio até o momento, contra o Senegal (placar que paga odds entre 5,75 e 6,00).

Inglaterra x EUA Odds
Resultado bet365 sportingbet betfair
Vitória da Inglaterra 1,45 1,49 1,46
Empate 4,33 4,50 4,25
Vitória dos EUA 7,00 6,25 6,50

As zebras da Copa (até agora)

Apesar de as apostas online indicarem o resultado mais provável de ocorrer, o futebol é conhecido pela sua imprevisibilidade e por suas zebras, não importa o campeonato. Já foram 2 em apenas 5 dias de Copa — e ambas tiveram um gostinho especial para o brasileiro.

Primeiro foi a derrota da Argentina para a Arábia Saudita, considerada a seleção que tem a menor chance de ser campeã mundial (apenas 0,12%). Já os nossos hermanos são um dos favoritos ao título, com 13,34% de probabilidade (atrás apenas do Brasil, que tem 19,28%).

Quem apostou na extremamente improvável vitória saudita ganhou até 20 vezes o valor aplicado. Isso significa que, quem apostou R$ 100 no resultado, ganhou R$ 2.000 (os R$ 100 que colocou mais 19 vezes o valor apostado).

Na quarta-feira (23) foi a vez da Alemanha, que perdeu também de virada, para o Japão. A vitória japonesa pagou odds de até 7,50 para quem apostou no resultado, e os alemães eram considerados franco favoritos, pois uma vitória dos europeus pagaria odds de menos de 1,50.

Brasil hexacampeão?

Brasil é considerado o grande favorito para vencer a Copa do Catar, segundo palpites feitos nesses 3 sites. Mas Argentina e França aparecem logo na sequência, à frente de Espanha e Inglaterra.

Com base nas odds dos países, o time quantitativo da área de research da XP calculou a probabilidade implítica de cada seleção ser campeã. Para isso, considerou a maior chance disponível para um determinado resultado, que melhor representaria o comportamento de um torcedor fazendo uma aposta, e converteu essas chances em probabilidades (considerando a margem de lucro da casa de aposta).

Por este critério, o Brasil tem 19,28% de chance ser hexacampeão, à frente da Argentina (13,34%), da França (10,84%),  da Espanha e da Inglaterra (empatadas em 4º lugar com 9,64%). As lanternas são a Costa Rica e a Arábia Saudita, cada uma com 0,12% (as odds delas estão em 751).

As odds (e portanto as probabilidades) podem mudar porque elas levam em conta as apostas que estão sendo feitas. As odds e as porcentagens calculadas pela área quant da XP na tabela abaixo foram atualizadas na noite de quinta-feira (17).

  Odd bet365 Odd sportingbet Odd betfair Odd máxima Probabilidade implícita
Brasil 4,5 4,5 4,5 4,5 19,28%
Argentina 6,5 6 6,5 6,5 13,34%
França 8 8 7,5 8 10,84%
Espanha 9 9 8,5 9 9,64%
Inglaterra 9 9 9 9 9,64%
Alemanha 11 11 12 12 7,23%
Holanda 16 13 15 16 5,42%
Bélgica 17 17 17 17 5,10%
Portugal 15 17 15 17 5,10%
Dinamarca 29 29 23 29 2,99%
Uruguai 41 41 41 41 2,12%
Croácia 51 41 36 51 1,70%
Sérvia 81 81 91 91 0,95%
Suíça 101 81 91 101 0,86%
Senegal 126 81 126 126 0,69%
Estados Unidos 151 101 126 151 0,57%
México 151 101 91 151 0,57%
Polônia 151 101 176 176 0,49%
País de Gales 201 151 126 201 0,43%
Equador 151 151 251 251 0,35%
Marrocos 201 251 301 301 0,29%
Camarões 251 251 301 301 0,29%
Japão 251 251 301 301 0,29%
Canadá 201 251 301 301 0,29%
Gana 251 251 301 301 0,29%
Coreia do Sul 251 251 301 301 0,29%
Catar 251 251 426 426 0,20%
Irã 501 501 501 501 0,17%
Austrália 351 401 501 501 0,17%
Tunísia 501 401 501 501 0,17%
Costa Rica 751 601 501 751 0,12%
Arábia Saudita 751 601 501 751 0,12%

Casas de apostas esportivas

As apostas esportivas são feitas em sites que oferecem dinheiro para quem acertar o “chute” sobre o resultado de um jogo ou uma aposta específica (pode ser até o número de escanteios do time A ou o número de de faltas em uma partida).

É um mercado gigantesco e pouco regulado no mundo inteiro, que cresce em ritmo acelerado no Brasil. Estima-se que haja cerca de 450 sites de apostas esportivas ativos no país atualmente, movimentando valores na casa dos R$ 10 bilhões por ano.

Para se projetarem no mercado, esses sites têm patrocinado os principais campeonatos, clubes e jogadores de futebol do Brasil e do mundo (todos os 20 times da série A do Campeonato Brasileiro têm patrocínios de casas de apostas).

Falta de regulamentação

O então presidente Michel Temer (PMDB-SP) sancionou em dezembro de 2018 a Lei 13.756, que autoriza a operação de casas de apostas esportivas no Brasil, mas a lei até hoje não foi regulamentada, o que deixa o mercado de apostas esportivas no Brasil em uma espécie de “limbo”.

Assim, grande parte das empresas que operam hoje no país tem sede no exterior, não respondem à legislação local, não pagam impostos e podem oferecer também jogos de azar (como de cassino) – que são ilegais no Brasil e implicam grandes riscos de dependência psicológica.

Algumas casas oferecem recursos para seus clientes apostarem de forma mais segura. A betfair, por exemplo, tem um serviço de bloqueio temporário da conta caso o apostador perca dinheiro além de um limite e também uma página de aconselhamento para familiares e amigos reconhecerem e lidarem com alguém que possa estar se viciando. Outras casas contam com serviços semelhantes.

Tópicos relacionados

Lucas Sampaio

Jornalista com 12 anos de experiência nos principais grupos de comunicação do Brasil (TV Globo, Folha, Estadão e Grupo Abril), em diversas funções (editor, repórter, produtor e redator) e editorias (economia, internacional, tecnologia, política e cidades). Graduado pela UFSC com intercâmbio na Universidade Nova de Lisboa.