Classe Média

16% da classe C tem perfil de empreendedor

Outros perfis encontrados foram os Promissores, os Batalhadores e o Experientes

Small business owner in Santiago, Chile

SÃO PAULO – A maioria da população brasileira (54%) pertence à classe média, sendo que 16% dessas pessoas, que totaliza 11,6 milhões de brasileiros, tem o perfil de empreendedores e até já possuem pequenos negócios.

Os dados, que são do levantamento “Faces da Classe Média” realizado pela Serasa Experian e o Instituto Data Popular, mostram que essas pessoas são mais escolarizadas que as demais da classe C, sendo que 42% estão cursando ou já concluíram o ensino médio e 19%, o ensino superior.

De acordo com o presidente do Data Popular, Renato Meirelles, as mulheres empreendedoras da classe C geralmente têm negócios destinados à serviços de beleza, confeitaria e buffet. Já os homens, trabalham com comércio e prestação de serviço, além de trabalhos autônomos.

PUBLICIDADE

Para os empreendedores, a liberdade é bastante valorizada e o trabalho reúne a necessidade do sustento com o gosto pela atividade. Por conta disso, o grupo apresenta uma maior renda per capita e seu consumo anual é de R$ 276 bilhões, com investimentos em educação, eletroeletrônicos, turismo internacional, tecnologia, veículos e entretenimento.

Mais perfis
O levantamento ainda indica outros três perfis de pessoas pertencentes à classe C: os promissores, os batalhadores e os experientes. O primeiro grupo, composto por jovens, totaliza 14,7 milhões de pessoas, ou 19% da classe.

A maioria (59%) tem ensino médio completo e 57% têm emprego com carteira assinada, mas ainda estão aprendendo a lidar com o dinheiro, já que 51% admitiu que já se descontrolaram financeiramente.

Os batalhadores representam 39% da classe média, com 30,3 milhões de pessoas, na qual 48% possuem ensino fundamental completo e 49% possuem registro profissional com carteira assinada. O grupo destina R$ 388,9 bilhões para o consumo e faz largo uso de crédito.

Já o grupo dos experientes conta com 20,5 milhões de pessoas, ou 26% da classe média, já com idade mais avançada, que estão começando a se aposentar. O consumo anual dessas pessoas é de R$ 274 bilhões.