Swing Trade: o que é? Quais as vantagens? Como tirar proveito dessa estratégia de investimento?

O swing trade é um tipo de operação que dura mais de um dia e é indicado principalmente para pessoas que desejam fazer operações de curto e médio prazo

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre
compra venda sell buy trader ações trade swing
(Shutterstock)

Introdução

Antes de mais nada, precisamos deixar claro que existem diversas modalidades de investimentos, com uma gama enorme de produtos financeiros. Dentre todos esses produtos e perfis de investimentos, uma das classificações diz respeito ao tempo em que se inicia a operação e que se termina a mesma. Os principais termos utilizados para diferenciar o tempo de duração das operações são: day trade, swing trade e position/buy and hold.

O swing trade é um tipo de operação que dura mais de um dia. Para ser considerada swing trade, a operação precisa ter início e fim em dias distintos, podendo durar dois, três ou até mais dias. Ele é indicado principalmente para pessoas que desejam fazer operações de curto e médio prazo. Além disso, não é comum que o negócio dure mais do que duas ou três semanas.

Quem faz swing trade?

Esse tipo de operação é recomendado para quem deseja fazer operações de prazo mais curto e investidores que já tenham alguma experiência no mundo dos investimentos.

Isso porque, mesmo durando mais de um dia, os movimentos do mercado de um dia para o outro podem assustar aqueles investidores menos preparados para a volatilidade. Por isso, é sempre muito importante responder ao Perfil de Investidor e que o investidor deixe ele atualizado, para que os produtos ofertados estejam de acordo com as expectativas.

O swing trade também é recomendado para aqueles que têm conhecimento de mercado, mas não possuem tempo suficiente para se dedicarem de forma exclusiva. Por serem operações mais longas do que as de day trade, aquelas que são abertas e fechadas no mesmo dia, os horizontes de investimentos também são proporcionalmente maiores. Sendo assim, elas não precisam de ajustes a todo momento.

Objetivo

O swing trader busca obter ganhos com a análise macroeconômica do mercado de uma forma geral e do setor em que aquela empresa está inserida. Porém, o foco principal deve estar em ativos descontados no curto prazo e/ou ativos que sofreram recentemente com algum evento pontual que afete o mercado de uma forma geral, mas que não altere a dinâmica de operação da empresa. Ou seja, eventos que aumentem a aversão ao risco dos investidores, distorcendo a precificação dos ativos, mas que não prejudiquem diretamente o negócio da empresa em questão.

Formas de Análise

A melhor escola de análise para operações de swing trade é a análise técnica, que é o estudo do comportamento do preço ao longo do tempo. Ela é uma vertente de estudos que visa horizontes de curto prazo. Os tempos gráficos sugeridos devem ser de 60 minutos, diário e semanal, pois eles refletem tendências de períodos mais longos.

Vantagens e riscos

Uma das vantagens do swing trade é o fato de que a estratégia não obriga o investidor a “acertar” qual será o movimento do ativo no dia em questão. O racional por trás do swing trade é identificar tendências de curto e médio prazo. Fora isso, como já mencionado anteriormente, por conta de o tempo de duração da operação ser maior, ele não demanda a atenção e a dedicação exclusiva do investidor.

Já se tratando dos riscos, é muito importante que o operador siga com disciplina o seu plano de trade e o gerenciamento de risco, com o intuito de que não prolongue demais uma operação e acabe perdendo ganhos que já haviam sido conquistados, ou até que aumente o tamanho do loss com a “esperança” de que o trade volte a dar certo e acabe perdendo mais dinheiro do que deveria por operação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para concluirmos, é fundamental que o investidor utilize ferramentas como stop loss e stop gain, que são ordens programadas pelo investidor para encerrar uma operação automaticamente quando o papel atinge um determinado valor predeterminado.

Aprenda a transformar a Bolsa de Valores em fonte recorrente de ganhos. Assista a aula gratuita do Professor Su e descubra como.

Filipe Fradinho

É analista CNPI da Clear Corretora, formado em administração de empresas pela PUC-RIO. Acumula passagens por empresas como Ágora Corretora, Órama e Ativa Investimentos. Atuou como trader profissional, operando Day Trade e Swing Trade de Ações, mas se especializou em operações de Day Trade no mercado futuro de índice e dólar. Atualmente, faz parte do #TeamClear e é responsável pela sala educacional de Análise, a EducaClear, no canal da Clear no YouTube.