PNAD Taxa de desemprego recua para 12,6% em setembro, aponta IBGE, dado em linha com o esperado

Taxa de desemprego recua para 12,6% em setembro, aponta IBGE, dado em linha com o esperado

Quando devo desistir do day trade?

Tudo que fazemos no dia a dia deve nos fazer evoluir mesmo que um pouquinho. Agora, se o trade está servindo apenas para te deixar nervoso, ansioso e desesperado, pergunto: como você vai fazer isso todos os dias da sua vida?

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre
Homem segura o rosto com as mãos, cabisbaixo, diante do computador com gráficos de ações
(Victoria Gnatiuk/Getty Images)

Começar uma profissão nova nem sempre é tarefa fácil. Ser um day trade e viver de mercado é o sonho de muitas pessoas, ter liberdade financeira, não ter mais aquele chefe chato pegando no seu pé e poder ter mais tempo com a sua família. Parece a vida dos sonhos, não é mesmo? Mas quando começamos no day trade muitas pessoas acabam perdendo todas as suas economias e se frustrando por não obter resultados.

Recebo, diariamente, mensagens de pessoas que perderam muito dinheiro no day trade, que após três anos de estudo não conseguem resultados. Sempre fica a pergunta: será que devo desistir? Será que alguém realmente ganha dinheiro com trade? Devo largar meu emprego para me dedicar mais ao trade e ter resultados? “Ari, você perdeu dinheiro no começo?” Espero com esse artigo trazer uma reflexão para te ajudar a se decidir se o day trade realmente é para você.

Minha visão é que tudo que fazemos na vida com muita vontade e dedicação, deve nos gerar algum resultado positivo no caminho de atingirmos nossos sonhos. Sempre que vamos aprender algo novo, já começamos no negativo.

Na maioria das vezes, haverá um investimento em curso, inclusive de tempo para aprender e adquirir experiência. No trade não é diferente. Como já comentei em outro artigo, você vai começar perdendo dinheiro. É claro que também perdi dinheiro no começo, gastei em cursos e me desesperei quando não via resultados.

Contudo, sempre que tentava mais dentro do processo, via aprendizado, percebia que a cada dia ganhava um conhecimento novo sobre alguma técnica, ou sobre como lidar com meu emocional. Um dos maiores ensinamentos no caminho para me tornar trader foi a paciência.

Sou uma pessoa bastante impaciente, que quer tudo para ontem. Me lembro de ser assim desde criança. Na vida, isso sempre me acompanhou de uma forma muito extrema.

No mundo atual, em que tudo muda muito rápido, acredito que não apenas eu, mas muitos também querem resultados rápidos. Quando não somos atendidos, mudamos de estratégia a toda hora, compramos um curso novo ou pensamos em desistir. Algumas pessoas começam sem qualquer preparo adequado e, já nas primeiras perdas, pensam em desistir. Se esse é o seu caso, sugiro que a melhor opção seja realmente desistir.

A grande maioria quer ver o dinheiro chegando rápido, acha que vai pagar as contas amanhã com trade e comprar um carro novo. Muitas pessoas chegam no mercado financeiro só pensando no dinheiro.

Claro que o dinheiro faz parte, mas a grande verdade é que poucos vão conseguir se tornar traders, pois, para se tornar um, você precisa amar o mercado. Quem pensa só no dinheiro não terá a vontade necessária para continuar, mesmo quando tudo estiver dando errado. Você vai passar a vida se iludindo que haverá um método fácil, que no próximo curso você vai virar a chave e que logo pagará suas contas e será feliz para sempre.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Quando conhecemos a fundo a história de pessoas de sucesso, seja lendo biografias de livros ou assistindo filmes, percebemos que essas pessoas passaram por maus momentos.

Gosto muito do filme “Walt Antes Do Mickey”. Se você não assistiu, acho que vale muito a pena. Disney foi julgado, não teve como pagar aluguel e viveu uma série de situações que, certamente, teriam feito qualquer pessoa desistir. No trade, você vai ouvir da família e de amigos que trade é cassino, que só vai perder dinheiro, que seu esforço e estudo serão em vão.

Infelizmente, na vida temos mais pessoas para desencorajar do que para ajudar. Você vai se sentir sozinho muitas vezes e vai pensar em desistir milhões de vezes. Se você não vir logo o dinheiro, vai desistir assim que o tempo for passando e o investimento for sumindo. Somente aqueles que realmente amam isso vão conseguir ter a força para persistir, até conseguir.

Claro que na vida muitas coisas nem sempre são para gente – e está tudo bem! O que gostaria de deixar claro aqui é a reflexão. Se mesmo com o começo difícil você está conseguindo ver progressos, a jornada já vale.

Tudo que fazemos no dia a dia deve nos fazer evoluir mesmo que um pouquinho. Agora, se o trade está servindo apenas para te deixar nervoso, ansioso e desesperado, pergunto: como você vai fazer isso todos os dias da sua vida? Como você vai conseguir fazer algo que não te faz bem?

Se você não sente prazer em estudar o trade, se dedicar e aplaudir cada pequeno passo que dá e fica apenas esperando o dia em que o dinheiro vai aparecer, desista. Todos os traders que realmente ganham dinheiro, fazem porque gostam. As pessoas de maior sucesso começaram seus negócios e deram certo, porque, no fundo, tinham paixão pelo que faziam.

Isso não significa que dará tudo certo no caminho, mas gostar do que se faz fará você não desistir e continuar. No começo, você vai conseguir atravessar cada obstáculo no caminho porque vai existir uma vontade dentro de você muito maior que as perdas.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ariane Campolim

Ariane Campolim é produtora de conteúdo na Clear Corretora. Atua como investidora desde 2015, principalmente como trader. Antes de trabalhar no setor, ela foi analista de tecnologia do Itaú Unibanco. É formada em física médica pela UNESP e cursou pós-graduação em negócios e gestão de pessoas no Insper