Paris: gastronomia e cultura em um só lugar!

Ah, Paris! Tout jour Paris! Quem não foi sonha com a capital francesa. Quem já esteve lá quer voltar à cidade luz! Tive o privilégio de ir muitas vezes a trabalho e tantas outras a passeio... Cosmopolita, debochada, cult, idolatrada! Paris é tudo isso e um tiquito a mais. Duvida? Algumas dicas descoladas avec charm!

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre

Paris: gastronomia e cultura em um só lugar!
Sentado no primeiro andar,  olho pelas janelas envidraçadas e vejo a banca de flores da Igreja da Madalena.  Chega o vinho e o paté de campanha da casa. Quem serve é uma velha amiga, portuguesa.
– Mais alguma coisa? Pergunta ela com forte sotaque lisboeta.
– Tens aí um cheque de um milhão de euros? Ela sorri e vai embora.

La Place de la Madeleine

Estou sentado no primeiro andar do Chez Nicolas. Estou na Place de La Madeleine. Estou em Paris, França. Sonho de dez entre dez turistas, Paris, a cidade luz, tem movimento, vida, contradições, arte, enfim, “buje”( vibra) desde sempre. Sempre que vou a Paris, me surpreendo com alguma coisa nova, vibrante, inusitada. Mas, tradicionalista que sou, sempre que vou a Paris volto aos mesmos lugares. E a Place de La Madeleine, ou a Praça da Madalena é um destes lugares. Começa que tudo está lá.

Tudo junto! Tudo a menos de 100 metros!

Gastronomia , lazer, cultura! Então, minha dica: Quando for a Paris pela primeira vez, vá conhecer esta praça superlativa! Mas chega de blá blá blá e vamos as dicas.
Chez Nicolas, cavistes!

É uma das lojas da rede que vende vinhos e todos os tipos de bebida. Detalhe. Na loja que fica na Place de la Madeleine, ela tem um pequeno bistrot no primeiro andar. Aquele onde trabalha minha amiga portuga. Entre, pegue sua garrafa preferida na loja e suba para degusta-la no primeiro andar. Relaxe. O preço da garrafa para tomar por lá mesmo é o mesmo que custaria se levasse prá casa. Peça paté de campagne com baguete rústica. Abra a garrafa e fique olhando a Igreja da Madalene do lado de fora. Trés bon!

Maille mostardas

Trata-se de uma loja especializada em mostardas. Do século 18! Fabricam de todos os tipos. Com sementes, frutas, pura! Imperdível. Claro que fica na mesma praça da Madalena, bem pertinho do Chez Nicolas.

L`Ecluse, ou a eclusa.

Mais um achado em Paris. Na mesma praça, é um boteco fino que serve vinhos por taça. Sabe aquele vinho caríssimo que você nunca teria dinheiro ou coragem para comprar? Pois no L`Ecluse você pode experimentar por taça sem se arrepender do preço pelo resto de sua vida. Para acompanhar peça Cassoulet, ou a conhecida e festejada feijoada francesa feita com feijão branco e uma mistura de carnes de porco, frango e bovina. Délicieux!

Fauchon

Aqui um esclarecimento. É um dos mais finos e completos mercados gastronômicos do mundo. Caro. Mas vale o passeio. Nem que não compre nada. Vale a pena passear pelas gôndolas repletas de produtos de todo o mundo. Caviar, salmão defumado, trufas, champagne! Tudo muito chic, tudo muito bonito e, como disse, tudo muito caro. Fica ao lado do Chez Nicolas. Funciona desde 1886. Precisa falar mais? Tem ainda um pequeno restaurante, que eles chamam de brasserie, no sub-solo e que serve pratos fantásticos e baratos. Mas chegue antes do meio dia e meia porque é muito concorrido e tem numero limitado de pratos do dia.

Igreja de La Madeleine.

Nem parece Igreja. Mais se assemelha a um Templo da antiguidade. Fundada em 1763, é um espetáculo por si só! A noite, fica toda iluminada com milhares de cores que mudam a todo o instante. É a única Igreja católica que conheço em Paris que não tem cruz.. Até hoje ninguém soube me explicar o porque! Ah você sabe? Então escreve para mim e conta., ok? www.oquevipelomundo.com.br  ppanayotis@oquevipelomundo.com.br
Merci e au revoir!!! Ou seja, obrigado e até já! Co

Igrela de La Madeleine ilumida a noite – Paris, França | Crédito: Paulo Panayotis

Gôndolas do Fauchon – Paris, Prança | Crédito: Paulo Panayotis

Tomando uma sobremesa chic ! Fauchon – Paris, França | Crédito: Paulo Panayotis

Carta de vinhos por taça do L`Ecluse – Paris, França | Crédito: Paulo Panayotis

Paulo Panayotis