Seja o melhor

O 10º Congresso de Coaches Executivos em Cincinnati, Estados Unidos, foi aberto com uma palestra sobre a importância do posicionamento para o indivíduo ser um coach bem-sucedido. Esse é um problema que fica ainda mais grave para pessoas e empresas que estão em dificuldades. Pois são nesses momentos que tentam ser tudo para todos e acabam por comprometer o sucesso no longo prazo. Isso é motivo de muita frustração e estresse.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre

O 10º Congresso de Coaches Executivos em Cincinnati, Estados Unidos, foi aberto com uma palestra sobre a importância do posicionamento para o indivíduo ser um coach bem-sucedido. Esse é um problema que fica ainda mais grave para pessoas e empresas que estão em dificuldades. Pois são nesses momentos que tentam ser tudo para todos e acabam por comprometer o sucesso no longo prazo. Isso é motivo de muita frustração e estresse.

A causa está no foco excessivo nos resultados imediatos e na ausência de método para conduzir suas ações de marketing. Por essa razão, pessoas e empresas devem aceitar que não podem ser tudo para todos: precisam se posicionar na mente de seus clientes, potenciais clientes e no mercado.

No curto prazo, não há muitas escolhas. Isto é, o indivíduo deve fazer o que for necessário para ter renda, principalmente se suas reservas financeiras estiverem exauridas. Entretanto, se não for capaz de se destacar dos demais, ficará sempre no estado de sobrevivência e, no longo prazo, sucumbirá repetidamente às crises.

Todos nós estamos no mesmo mercado: nosso negócio é resolver problemas dos clientes. Entretanto, para posicionar-se, o indivíduo ou a empresa deve ser capaz de responder à seguinte pergunta: “Por que você é a melhor escolha do cliente para resolver o problema dele”?

Se você tem dificuldade nessa resposta, terá muito poucas chances de estabelecer um nome forte no mercado. No que você é o melhor? Seu foco de atuação depende dessa resposta.

Se você não pode pertencer à elite do seu setor, considere mudar de área como uma estratégia para posicionar-se onde tem mais chances de sucesso no longo prazo.

Afinal, as pessoas e o mundo merecem ver seus problemas resolvidos pelos melhores. Seja um deles!

Vamos em frente!

Silvio Celestino

É coach de gerentes, diretores e CEOs desde 2002. Também atende a executivos que desejam assumir esses cargos. Possui certificação e experiência internacional em coaching. Foi executivo sênior de empresas nacionais e multinacionais na área de Tecnologia da Informação. Empreendedor desde 1994.