Do que você sente falta quando está desempregado?

Você não deve se preocupar com sua rede de relacionamentos somente quando ficar desempregado. Afinal, nesses momentos, se você tem de falar com alguém que não vê há muito tempo, ficará muito constrangido. Ainda assim, não demore a pedir ajuda.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre

Dinheiro? Não! Networking!

Você não deve se preocupar com sua rede de relacionamentos somente quando ficar desempregado. Afinal, nesses momentos, se você tem de falar com alguém que não vê há muito tempo, ficará muito constrangido. Ainda assim, não demore a pedir ajuda.

É comum pessoas não fazerem networking quando estão empregadas. Isso ocorre porque o tempo mental acaba por ficar 100% dedicado à empresa. Os profissionais se esquecem de que a vida é feita de ciclos e que precisam dedicar um tempo para si mesmos, tanto quanto para a companhia.

PUBLICIDADE

Portanto, networking deve estar sempre na agenda.

Quando estiver nos bons momentos de sua carreira, lembre-se de auxiliar aqueles que precisam de sua ajuda. Por vezes, um simples bate-papo em uma cafeteria pode dar a energia que alguém precisa para lidar com momentos muito difíceis. Auxilie as pessoas, e não se sentirá tão constrangido quando estiver por baixo e precisar contatá-las.

Tenha sempre uma agenda para os profissionais que fazem parte de sua rede de contatos. Você não precisa sair tanto assim de sua rotina. Use, uma ou duas vezes por semana, o café da manhã, o almoço, o happy hour e o jantar para conversar com os amigos. Tenha interesse em saber como pode contribuir com eles. É normal que você esteja a maior parte do tempo auxiliando as pessoas de sua rede. Mas, quando o momento difícil chegar, seja humilde e peça ajuda.

Acima de tudo, quando o mau período terminar, não se esqueça de manter seu networking ativo.

Essas ações são para o bem de sua carreira e daqueles que você admira.

Afinal, todos nós precisamos de ajuda e contribuição em certos momentos da vida. Saibamos oferecer ambas.

PUBLICIDADE

 Vamos em frente!

Silvio Celestino

É coach de gerentes, diretores e CEOs desde 2002. Também atende a executivos que desejam assumir esses cargos. Possui certificação e experiência internacional em coaching. Foi executivo sênior de empresas nacionais e multinacionais na área de Tecnologia da Informação. Empreendedor desde 1994.