As faixas brancas e faixas pretas da Bolsa, segundo os campeões do jiu-jitsu

Luis Amaral e Luiz Nunes revelam suas principais teses de investimentos e como o jiu-jitsu ajuda quem vive do mercado de ações.

arrow_forwardMais sobre

Dois lutadores de jiu-jitsu (e gestores de fundos de ações) vieram aos estúdios do Stock Pickers escolher: quais ações são as faixas brancas e as faixas pretas do mercado?

Luiz Nunes, da Forpus Capital, e Luis Amaral, da Equitas, revelaram suas teses de investimento em dois setores que tem sido cada vez mais comuns para os ouvintes do Stock Pickers: o de construção e shoppings.

Para quem tem ações da Azul, Iguatemi e Eztec na carteira o episódio é obrigatório – Luis Amaral, da Equitas, explicou porque ele tem essas ações em seu fundo.

PUBLICIDADE

Outro destaque do episódio é a parte em que os convidados compartilham o que o jiu-jitsu mais ensinou para eles como gestores e porque esse esporte combina tanto com o mercado financeiro. Para Luiz Nunes, da Forpus, o maior aprendizado foi: “nem sempre você está confortável e às vezes você tem que aprender a ficar confortável no desconforto”.

Na plateia tivemos a presença de vários faixas pretas, um deles foi Dimitrius Souza, decacampeão brasileiro e bi mundial de jiu jitsu.

Para os próximos episódios: assim que acabarmos a gravação, vamos disparar no nosso grupo de whatsapp o que mais nos marcou do episódio. A ideia é anotar os principais destaques sobre as ações que eles falaram até pra não esquecer o que o cara ta explicando e ter insumo pra quando formos subir os textos no instagram e twitter. Fechado?

Apresentado por Thiago Salomão, analista da Rico Investimentos, e Renato Santiago, o Stock Pickers vai ao ar toda quinta-feira à noite. Você pode seguir e escutar pelo Spotify, Spreaker, Deezer, iTunes e Google Podcasts.

Renato Santiago

Renato Santiago é jornalista, coordenador de conteúdo e educação do InfoMoney