Vem chegando o verão

Se nesse período você prepara as malas, não esqueça também de se proteger

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre

Já estamos no 1º dia de dezembro. Ou seja, falta muito pouco para as festas de fim de ano e o início das férias de verão. Quer pegar uma praia no Nordeste? Esquiar em Aspen? Passar o réveillon em Paris? Quem sabe uma temporada de esportes radicais na Nova Zelândia? Aí você se preocupa com as passagens, malas, hotéis, as melhores dicas de cada lugar que você vai visitar e…

Tem certeza que lembrou de todos os detalhes? E quem vai cuidar de você se acontecer um imprevisto? Nélson Rodrigues dizia que é preciso ter sorte até pra chupar um picolé. E não estava errado.

Não estou aqui agourando seu momento de lazer nem torcendo para que alguma coisa saia errado. De jeito nenhum. Só estou lembrando que é importante ser previdente, se precaver de eventuais problemas que podem acontecer a qualquer momento. E quando você está longe de casa, até uma bobagenzinha pode virar um problemão.

Então eu tenho uma pergunta: já contratou seu seguro viagem?

O seguro viagem custa, no máximo, 5% do valor de uma viagem e, obrigatoriamente, tem proteção para riscos de morte acidental e invalidez permanente total ou parcial por acidente. Mas há uma infinidade de coberturas acessórias que podem ser incluídas na sua apólice, desde danos à sua bagagem até despesas médicas e hospitalares, passando por perda ou roubo de documentos e diárias extras em caso de atrasos na viagem.

“Ah, mas meu cartão de crédito já inclui seguro viagem”. “Meu pacote de viagem já inclui seguro”. Que bom, mas não deixe de tomar cuidado e leia a apólice, porque geralmente têm apenas as coberturas básicas incluídas. E essa tranquilidade pode virar uma dor de cabeça.

O melhor a fazer é, antes de contratar seu seguro, conversar com seu corretor sobre o tipo de viagem que vai realizar, se no Brasil ou para o exterior, se vai de carro ou de avião, que atividades você realizará durante os passeios… Basicamente, construa um perfil bem detalhado da sua viagem e identifique os riscos envolvidos. E só então contrate sua apólice.

Semana que vem nos encontramos de novo para falar mais de seguro viagem.

Rafael Monsores