Estou me guardando pra quando o carnaval chegar

Já está quase tudo pronto pra festa de Momo. E você vai pra folia com toda a segurança?

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre

No fim de 2014, pelo início do período de férias, publiquei alguns posts sobre o seguro viagem. Agora já estamos nos preparando para o carnaval e a despedida do verão.  E você aí preparando as malas e as fantasias. Então resolvi listar algumas dicas, relembrar alguns pontos importantes para a sua viagem começar e terminar de forma segura.

A primeira grande preocupação de quem contrata um seguro, e no caso de uma viagem não importa se antes ou depois de começa-la, é ler a apólice com todo o cuidado e atenção. É preciso entender quais são todos os seus direitos e deveres, se a apólice é apenas para as coberturas básicas ou se inclui, por exemplo, atraso de voo, danos na bagagem etc. Lembre-se que você só estará seguro de verdade se conhecer bem a sua apólice.

Lembre-se que sempre é tempo de contratar o seguro. Mesmo que sua viagem já tenha começado. Mas nesse caso, é preciso avisar seu corretor que você já está se deslocando. Isso é preciso ser bem esclarecido, pois se você precisar acionar a seguradora, não parecer que o seguro foi feito depois do problema ter acontecido. Em condições normais, contratando o seguro antes de partir, sua viagem estará coberta a partir do primeiro embarque até o dia de seu retorno.

Hoje temos muitas opções para contratação do seguro viagem, podemos contratar online e emitir o certificado no checkout da compra. Com relação ao preço uma pessoa de 35 anos por 7 dias para Europa, por exemplo paga de R$ 170,00 a 300,00, dependendo da seguradora , para um plano com assistência médica por acidente ou enfermidades não preexistentes ; odontologia de urgência ; medicamentos (assistências ambulatoriais) ; traslados médicos; reembolso de gastos por atraso ou cancelamento de voo; assistência em caso de roubo ou perda de documentos ; compensação financeira por demora na localização de bagagem; Indenização por extravio de bagagem e seguro de vida.

Outra coisa importante é que você sempre deve procurar um seguro adequado à sua viagem e nunca omitir os riscos envolvidos. Se você gosta de praticar esportes radicais, por exemplo, isso tem que ficar claro. Naturalmente, o valor do seguro ficará mais alto nesses casos. Mas se algo acontecer a você e a seguradora não tiver sido informada, você pode ter problemas pra receber a indenização ou até nem receber.

Minha última dica é para o caso de você ter problemas com o seguro. A primeira coisa a fazer é entrar em contato com a ouvidoria da sua seguradora. Se as coisas não se resolverem, entre em contato com a Susep pelo telefone 0800 0218484. A Superintendência de Seguros Privados é uma autarquia do governo federal responsável pelo controle e fiscalização do mercado de seguros.

Até a próxima semana.

Rafael Monsores