Fechar Ads

De forma literalmente figurada

Por  Alexandre Aagesen
info_outline

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Dissonância cognitiva é o nome dado a um viés cognitivo que permite você manter em mente duas ideias antagônicas e acreditar nas duas. Prosopopeia (eu adoro essa palavra) é a figura de linguagem usada para emprestar sentimentos ou ações humanas a seres não-humanos (talvez uma das que eu mais use por aqui). Figuras de linguagem, em geral, são uma ferramenta usada para emprestar uma ideia não literal às palavras usadas. Por exemplo, quando eu digo que o mercado literalmente ficou maluco ontem, eu estou usando todas as ideias acima. Não, o Mercado não tem capacidade intelectual para ficar maluco; sim, eu estou falando isso de forma figurada (e não “literalmente”); e não, eu não acredito realmente nisso. Bem, mais ou menos… que ficou, ficou.

Curva lá fora fecha e… bolsas caem. Dólar fica mais forte… mas não contra real. ADP vem mais fraco… e a parte curta da curva abre (mais um bom dia para estudar Key Rate Duration, crianças). Talvez seja só ruído, não vou comprar a valor de face. Agora, quem comprou ouro a valor de face, particularmente ouro na B3, tem lição de casa. No começo do ano que vem a bolsa vai parar de negociar os lingotes de ouro a vista (os OZ1 a OZ3). Ou você zera sua posição, ou pode precisar ir buscar seu ouro físico. Não é o caso, mas sempre adorei a ideia de entrega física na antiga BM&F: gosto de imaginar o estagiário do extinto Garantia, ou do australiano Macquarie, recebendo 5.000 contratos de boi gordo com entrega física, porque esqueceu de zerar a posição antes do vencimento. Se na realidade isso nunca aconteceu, que mudem a realidade.

Outra figura de linguagem muito usada é o pleonasmo. Subir pra cima, favor RSVP, chove chuva, legislativo enrolado. Vocês sabem como é. Ontem foi aprovada a privatização da Sabesp, mas hoje vamos ter mais discussão em cima. Vetos e relatório da LDO já eram para ser conhecidos, mas hoje vamos ter mais discussão em cima. O que você esperava quando decidiu chamá-los de parlamentares? Bem, eles vão “parlar”, né. E hoje temos dados de pedidos de seguro-desemprego nos EUA (mas isso tem toda semana), e amanhã ainda tem Payroll. Vale ficar mais de olho no de amanhã, se você só puder escolher um. E para hoje, talvez valha mais ficar de olho nos dados de estoque no atacado e de crédito ao consumidor, ambos na parte da tarde, e ambos nos EUA. Ora, acho que por hoje, essa coluna está literalmente acabada.

Ficou com alguma dúvida ou comentário? Me manda um e-mail aqui.

Alexandre Aagesen Com mais de 15 anos de mercado financeiro, é CFA Charterholder, autor do livro "Formação para Bancários", host do podcast "Mercado Aberto" e Investor na XP Investimentos

Compartilhe

Mais de One Page

One Page

O balanço de Nvidia

Depois do pregão, vamos acompanhar de perto o balanço (e o guidance) de Nvidia. Os números e, principalmente, os desdobramentos secundários