MERCADOS AO VIVO Inflação do varejo nos EUA sobe 0,8% em abril, bem acima do esperado

Inflação do varejo nos EUA sobe 0,8% em abril, bem acima do esperado

E, para variar: só o AGRONEGÓCIO salva!

No meio de várias turbulências politicas/econômicas, um dos poucos setores que se salva é o agronegócio. E com isso ele vem gerando crescimento de mais de 50% no setor de Máquinas Agrícolas.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Assim como na economia, onde vivemos diversas turbulências políticas/econômicas, no setor automotivo não é diferente. Tudo de ruim que acontece nesses dois planos, refletem no setor. Tivemos quatro anos consecutivos de quedas nas vendas (automóveis) e este ano está cheirando que vamos ter um ligeiro crescimento (que esse “cheirinho” não seja flamenguista!).

Na economia, segundo o FOCUS lá do BC, o nosso PIB vai ser bem caranguejo… vamos andar de lado. O pessoal fala de crescimento de 0,51%. O PIB industrial tenderá a ficar por volta de 0,45% e o PIB de serviços apresentará nova queda (terceira) de 0,1%.

E quem poderá nos ajudar? Não é o Chapolin Colorado. É o agronegócio mesmo!

Este ano, o pessoal da FOCUS projeta um crescimento do PIB Agropecuário superior a 8%.

E quais são as boas novas do agronegócio? O pessoal está falando em um aumento da produção na ordem de 26%. Alguma coisa do tipo 233 milhões de toneladas. O lado ruim desse aumento na produção (em geral: Soja; Arroz e Milho) é que o preço despenca. No caso da soja, o preço médio da saca em junho de 2016 era de quase R$ 81, já em 2017 ela estava próxima a R$ 58. O mesmo no caso do milho, que caiu de R$ 44 para R$ 22 no período de 1 ano. OK, em geral as safras já estavam vendidas a preços melhores. O que sobrou está abarrotando todos os minguados silos. Mesmo com a queda nos preços das commodities, eles (pessoal do agronegócio) não podem reclamar!

Mas, a pergunta principal é: Qual é o motivo principal para eles crescerem 26% no aumento da produção? A lógica (dos naturebas) diz que a área plantada deve ter se expandido. Sim, mas a área plantada ao longo das últimas décadas vem crescendo quase que numa “taxa vegetativa”. O IBGE fala que a área da soja cresceu 2,4% neste ano contra um salto de 17,5% na produção. O que realmente aconteceu foram: clima favorável; melhora (significativa) nos insumos agrícolas e principalmente AVANÇOS TECNOLÓGICOS!!

E ai entra o foco do nosso blog!

Com 17,3 mil máquinas agrícolas vendidas no período de janeiro a maio deste ano, o setor registra crescimento de 29% sobre o mesmo período do ano passado, quando tivemos 13,4 mil veículos vendidos. O nosso recorde de vendas foi o ano de 2013 com quase 34 mil unidades, mas ainda estamos abaixo da média dos últimos 15 anos, que é de quase 20 mil unidades, mas o desempenho é excepcional!

 

PUBLICIDADE

 

Além disso, não é aquele “cheirinho” de crescimento como o setor de carros com 2,2%. Estamos falando aqui de quase 30%. E o ponto interessante é que não foi vendendo “VW/UP” ou “Fiat/Mobi” que o setor cresceu. O grosso foi de Tratores e Colheitadeiras de grãos; tipo assim, sabe, aquela colheitadeira de soja que custa mais de R$ 1 milhão? 

Outro ponto importante para o setor de veículos do agronegócio é que não é apenas o mercado interno que está consumindo mais. Como existe um “boom” do agrobusiness, as exportações estão crescendo mais de 30% em volume (4,5 mil unidades contra 3,5 mil sobre o mesmo período do ano passado), e em valores tivemos quase US$ 1 bilhão contra US$ 745 milhões do ano passado, crescimento de 33%, no acumulado desse ano. E, aí, a regra é clara: vendas internas e externas crescendo, a produção destes produtos vai até a estratosfera!

A produção de máquinas agrícolas está com crescimento de 52%, saindo de uma produção de 24,1 mil unidades neste ano contra 15,8 mil sobre o mesmo período do ano passado.

O ponto mais interessante é saber onde está ocorrendo esse crescimento:  a primeira imagem que vem na cabeça de todo mundo, é a dos “Mato Grossos”, o nosso celeiro… e, suas vendas (jan~abr) estão com o seu crescimento de 55% sobre o ano passado. Mas as “novas fronteiras agrícolas”, como a região do MAPITOBA, estão com evolução de quase 80%. Essa é a vantagem do nosso Braziu continental!

Por fim, nesta semana, tivemos a aprovação/liberação do novo Plano Safra 2017/2018. Não foi aquilo que o pessoal do agronegócio tinha planejado… mas como diria o mineirinho: “tá ruim, mas tá bom…” Foi aprovado a liberação de mais de R$ 190 bilhões, e com juros de até 6,5% ao ano. Bem mais do que na safra anterior e também com juros menores. Com isso, a perspectiva de modernização nas plantações é bem alta mantendo a demanda por máquinas agrícolas aquecida até o ano que vem!

Ufa!!! Pelo menos noticias boas do setor automotivo estão começando a aparecer…

PUBLICIDADE

E ai?? O que achou?? Dúvidas?? Me manda um e-mail aqui.

Ou me segue lá no Facebook aqui

Raphael Galante

É economista, trabalha no setor automotivo há 14 anos e atua como consultor na Oikonomia Consultoria Automotiva.

Leia também