Como Obter Investimento Anjo – Parte II

Este artigo continua a apresentar os passos para obter investimento anjo

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Com as etapas de preparação cumpridas, o empreendedor estará pronto para iniciar a busca, apresentação e negociação com potenciais investidores-anjo para sua startup, lembrando que esta busca é mútua, pois como descrevo em meu livro “Investidor-Anjo” uma sociedade é parecida com um casamento, devendo-se seguir os mesmos passos para seu sucesso, conforme abaixo:

1. A primeira etapa de procura é como na “paquera”, quando o empreendedor começa a “flertar” (buscar) o investidor-anjo certo para seu negócio, isto é, aquele que tanto poderá se interessar pelo mesmo quanto agregar valor, com sua experiência, conhecimento e rede de relacionamentos. Para isto, o empreendedor deve encaminhar seu pitch e apresentação para as redes de investidores-anjo mais próximas, bem como participar de eventos e concursos para apresentação do seu negócio.
 
2. Uma vez encontrado um potencial investidor-anjo interessado, passa-se para a fase de “namoro”, isto é, serão marcados “encontros” (reuniões) em que o empreendedor irá apresentar mais detalhes de sua startup bem como conhecer melhor o perfil do investidor-anjo.
 
3. Em o “namoro” sendo bem sucedido, passa-se para o “noivado”, isto é, quando se fecha os principais termos da negociação (o chamado term-sheet), como valor que será investido, participação que o investidor-anjo terá no negócio e como os dois irão se relacionar, isto é, quais os direitos e deveres de cada um.
 
4. Tendo todas as condições acertadas, chega-se ao dia do “casamento”, quando os contratos são assinados e o investimento é efetivado. Importante observar que na realidade este é só o começo do negócio, pois agora é o momento que o empreendedor deverá focar totalmente na execução e o investidor-anjo irá apoiá-lo com orientações e conexões.
 
5. A etapa seguinte é a que difere num relacionamento pessoal, pois muitas vezes o sucesso para ambos vem de um divórcio feliz, seja através de um lançando das ações na Bolsa de Valores ou na venda da startup. Mas quem sabe podem surgir alguns “filhos” futuros de ambos…

Tem alguma dúvida? Deixe um comentário abaixo que responderei assim que possível.

Cassio Spina