Como a estratégia de preços pode mudar o destino dos seus negócios?

O sistema de franchising vem transformado a vida de muitos empreendedores nos últimos anos

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre

O sistema de franchising vem transformado a vida de muitos empreendedores nos últimos anos. Através das franquias, empresários tem conseguido expandir suas marcas numa velocidade maior, de forma estruturada e com serviços e produtos já conhecidos e aprovados pelos consumidores. Dentre os fatores que influenciam o destino desses negócios, independente do seu porte, a formação do preço pode ser um ponto determinante para o sucesso.


Para chegar à precificação de um produto ou serviço faz-se necessário estudar uma série de variáveis, bem como analisar estrategicamente qual será o comportamento desse item no mercado, sua aceitação, sua percepção de valor. Esse assunto parece muito comum no universo das finanças, mas vejo que os empreendedores precisam se atentar a como isso pode influenciar a saúde do seu próprio negócio.

Ao analisar o valor final de determinado item, o empresário precisa considerar todos os custos operacionais de produção, além da porcentagem quer irá compor as despesas com pagamento dos funcionários, aluguel, royalties e impostos, entre outros. Por exemplo, para chegar ao valor de um sanduíche, têm de serem listados o custo de cada ingrediente e também embutidos os custos extras, chegando-se ao valor unitário do produto.

A partir daí, é estabelecida a margem de lucro. E nessa etapa o empresário terá de analisar qual o valor máximo aceito pelos clientes, qual o preço médio da concorrência e só então estabelecer o lucro que será aceitável do ponto de vista do mercado consumidor. Mas qual a melhor estratégia para se definir isso?

Não existe fórmula mágica, contudo dentro da especificidade de cada negócio é possível estabelecer ponderações para se determinar o preço. Por exemplo, o empreender deverá analisar qual o diferencial de cada produto ou qual o objetivo estratégico dele dentro do mix oferecido. Ele pode ter uma margem pequena com certo item, mas pode gerar fluxo de clientes para dentro da sua loja. Por outro lado, sua opção pode ser uma margem de lucro maior, porém seu esforço será convencer o consumidor dos diferenciais que tem frente à concorrência.

De maneira geral, o posicionamento de um produto vai além de uma decisão financeira e, como citado anteriormente, inclui análises estratégicas que o empresário precisa fazer com cuidado ou buscar a ajuda de profissionais especializados no assunto. O mais importante é ter em mente que a longo prazo a precificação pode mudar o destino do seu negócio, gerando mais rentabilidade ou criando barreiras para o crescimento. 

Lyana Bittencourt